Extranet

 

A Prefeitura de Fortaleza premia, nesta terça-feira (29/11), 36 ganhadores do Prêmio Sefin de Finanças Públicas. O evento de entrega será às 14 horas, no Teatro São José, com a presença dos pais e professores dos alunos de 150 escolas públicas e privadas de Fortaleza. As secretárias das Finanças e da Educação, Flávia Teixeira e Dalilla Saldanha, farão a entrega dos prêmios.

Com o tema “O tributo e sua função redutora das desigualdades socioeconômicas”, neste ano os alunos concorreram nas categorias I - Desenho, para alunos do 1º ao 4º ano; II - Poema, para estudantes do 5º ao 8º; e III - Redação (texto dissertativo- argumentativo), para alunos do 9º ano do Ensino Fundamental e do 1º ao 3º ano do Ensino Médio. Os trabalhos estão disponíveis no site do Prêmio Sefin, e os vencedores ganharão um smarthphone, conforme previsto no edital.

Ao todo, 150 escolas se inscreveram para o Prêmio. A secretária Flávia Teixeira fala que o incentivo e envolvimento das instituições de ensino é a base para o sucesso desse trabalho. “A equipe de educação fiscal da Sefin tem feito ações nas escolas com o propósito de conscientizar os alunos quanto à importância dos tributos para uma sociedade mais justa e cada vez menos desigual. A cidadania fiscal, ou seja, o conhecimento de como os impostos são aplicados no município, deve ser também uma prática desde cedo na vida dessas crianças”, afirma a titular da Sefin.

Já a secretária da Educação acredita que “o prêmio incentiva, ainda mais, a comunidade escolar a discutir a temática das finanças, visto que a educação financeira é uma política inserida no currículo da Rede Municipal de Ensino, conforme a proposta dos parâmetros e diretrizes curriculares nacional, estadual e municipal”, pontua. Dalila Saldanha destaca ainda que a crescente participação dos estudantes na premiação demonstra que mais alunos estão adquirindo a consciência da importância do tema.

Sobre o Prêmio Sefin

O Prêmio Sefin de Finanças Públicas já existe há 14 anos e busca promover e estimular a educação fiscal no Município, construir uma consciência voltada ao exercício da cidadania, propiciando a participação do cidadão no funcionamento e no aperfeiçoamento dos instrumentos de controles social e fiscal do Estado.

O objetivo principal é incentivar a reflexão sobre a importância social dos tributos para a sustentabilidade da vida em sociedade, estimular a participação social no controle dos recursos públicos, assim como ressaltar e refletir com alunos a boa utilização do bem público e sua conservação, evitando a depredação, como instrumento fundamental de garantir recursos para os investimentos necessários ao crescimento econômico e humano da nação.