Extranet

 


A Secretaria Municipal da Educação (SME) participou, nesta quinta-feira (29/09), na sede da Sociedade Cearense de Pediatria, do Seminário Municipal de Saúde do Adolescente, em celebração ao primeiro ano do Programa Gente Adolescente. Atualmente, 12 escolas municipais estão vinculadas ao programa.

“Hoje estamos celebrando um ano deste programa, mas apontando para o futuro, um novo ciclo. Celebramos também a integração, que a gente tanto almeja, já que esta gera mais eficiência. Esse programa caminha na direção que a gente quer com políticas públicas voltadas para um futuro melhor para nossos cidadãos. É nossa missão criar um conjunto de oportunidades para que os jovens possam realizar seus sonhos no futuro”, destacou o vice-prefeito Élcio Batista, que participou da abertura do evento.

O Programa Gente Adolescente, desenvolvido por meio de parceria entre a Secretarias Municipais da Saúde e da Educação, tem o objetivo de qualificar a assistência destinada aos adolescentes do município, especialmente na faixa etária dos 10 aos 14 anos (5º ano ao 9º ano), possibilitando cuidados a partir de uma equipe multiprofissional.

Entre as ações da iniciativa estão ampliar o número de consultas médicas, de enfermagem e odontológicas para adolescentes; garantir a cobertura vacinal para HPV, Meningite ACWY, Antitetânica (1º reforço); fortalecer ações de educação em saúde com os adolescentes nas escolas vinculadas e na comunidade; ampliar as ações de atenção em saúde mental para os adolescentes na UAPS Adolescente; entre outras.

Representando os adolescentes e os alunos acompanhados pelo Gente Adolescente, Laís Gabriele, estudante do 9º ano da EM Frei Tito, destacou a importância da iniciativa. “Obrigada por esse projeto, pela ajuda que ele tem dado para os adolescentes, trazendo informações sobre gravidez na adolescência, vacinação”, apontou.

O secretário adjunto da Educação, Jefferson Maia, ressaltou a importância da intersetorialidade presente no programa e nas ações que estão sendo desenvolvidas pela gestão municipal. “Sempre que estamos nessas ações intersetoriais reforço o quanto nos fortalecemos como uma rede que prioriza as crianças e os adolescentes na prática. Esse programa é mais uma semente que estamos regando e vai render bons frutos para nossos adolescentes. Por isso, esse momento é de celebrar, mas também de fortalecermos as ações para consolidar o Gente Adolescente”, disse o secretário .

A seminário contou ainda com a participação de alunos e diretores das unidades escolares participantes do programa e técnicos da SME; da secretária da saúde, Ana Estela Fernandes; do presidente da Funci, Iraguassu Filho; da promotora Antônia Lima; da representante do Comdica, Lara Picanço; além de gestores e técnicos da saúde municipal.

Programação
O Seminário contou com apresentação de Felipe Rima, poeta, músico, escritor, rapper, empreendedor social e produtor cultural; mesa redonda “Cuidado à saúde mental dos adolescentes” e a oficina “Estratégias de promoção da saúde junto aos adolescentes do programa Gente Adolescente”.

Participante da mesa “Cuidado à saúde mental dos adolescentes”, Edgar Nogueira é integrante do Serviço de Psicologia Escolar da Rede Municipal, cuja função é trabalhar estratégias de regulação emocional, elaboração de projeto de vida e fortalecimento das redes de apoio. Nas suas palavras, a discussão de hoje “auxilia os educadores a compreender que a saúde emocional não é uma responsabilidade só dos profissionais da saúde”. “Lisonjeado com o convite” para participar da ocasião, finalizou: “é gratificante compartilhar com profissionais da educação e saúde experiências já vivenciadas na SME por meio da Psicologia Escolar”.