Imprimir

grupo de pessoas numa sala de aula

O prefeito José Sarto entregou, nesta segunda-feira (01/08), a requalificação da Escola Municipal General Manoel Cordeiro Neto, no bairro Vila União, marcando o início do segundo semestre letivo 2022 da Rede Municipal de Ensino.

A requalificação total da unidade escolar, executada em parceria da Secretaria Municipal da Educação (SME) com a Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), custou R$ 1.822.975,04. Atualmente, o equipamento atende 644 alunos, do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), nos turnos manhã, tarde e noite.

No ato de entrega, Sarto enfatizou que a Prefeitura está empenhada no pacote de requalificação das unidades escolares de Fortaleza, que atenderá 200 equipamentos.

"Nós entregamos uma escola totalmente requalificada, dentro do pacote de reformas que a nossa gestão está promovendo. 200 escolas serão requalificadas e 41 já estão em processo de recuperação", informou Sarto.

"Nosso programa de requalificação e de reparo nas unidades escolares tem por objetivo proporcionar melhores condições de trabalho e estudo para os usuários. Isso tudo tem a ver com o desenvolvimento pedagógico das atividades curriculares. Nas requalificações, priorizamos as áreas das salas de aula e de convivência dos estudantes", completou Dalila Saldanha, titular da SME.

A unidade recebeu uma nova fachada, acessibilidade e sala de inovação. A obra da escola ainda incorporou o espaço do antigo CRAS Vila União, utilizado para a construção do refeitório, área de lazer, novos banheiros e ampliação da área administrativa. Também foi realizada a revitalização completa de todos os ambientes (salas de aula, área administrativa, sala dos professores, biblioteca, cozinha, sala do Atendimento Educacional Especializado (AEE), quadra), incluindo revisão estrutural e elétrica, pintura, troca de revestimentos e de pisos.

"Essa escola recebeu uma requalificação completa, pois estava muito desgastada. É uma infraestrutura nova para ajudar na educação e no aprendizado dos alunos", celebrou Samuel Dias, titular da Seinf.

Maria Alcilene, tia da estudante Annie Regina, do 7º ano do Fundamental, celebrou a nova unidade escolar. "Eu estudei nessa escola, minha filha também, e agora é a vez da minha sobrinha. Ela me disse que a escola estava linda, e está mesmo. É bom saber que ela vai contar com essa estrutura para poder estudar", comemorou.

Programa de Fortalecimento da Aprendizagem

Nesta segunda-feira (01/08), também retornaram as atividades do Programa de Fortalecimento da Aprendizagem (Programa Aprender Mais, Programa Integração e Programa Pró-Técnico). Ao todo, voltaram às atividades no contraturno escolar 103 mil alunos matriculados na Rede Municipal.

Os programas proporcionam aos alunos o pleno desenvolvimento das competências intelectual, física, sócio emocional e cultural, visando melhorar a aprendizagem na proposta dos componentes curriculares do Ensino Fundamental, contribuindo para elevar os índices de aprendizagem dos alunos do 1° ao 9º ano. Promovem ainda a educação integral e integrada, articulando a educação formal com vivências artísticas, esportivas e sociais, fortalecendo a aprendizagem dos alunos, suplementando o conteúdo oferecido nas escolas de tempo parcial e ampliando a carga horária em 15 horas semanais.

Matrículas

A Rede Municipal conta hoje com mais de 240 mil alunos nas etapas Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Destaca-se que as unidades escolares ainda estão recebendo demanda de matrículas, portanto a estimativa é que o número total de estudantes pode chegar a mais de 242 mil ainda no segundo semestre de 2022.

Pacote de requalificações

As obras de requalificação e ampliação das unidades da Rede Municipal de Ensino têm o objetivo de proporcionar melhorias estruturais no parque escolar, conferindo mais conforto, segurança e acessibilidade para alunos, professores, funcionários e comunidade escolar em geral.

A estratégia faz parte do pacote de requalificação realizado pela Prefeitura de Fortaleza, que prevê investimento de R$ 60 milhões. A perspectiva é que a requalificação do total de 200 unidades seja finalizada até o fim de 2024. A ação já requalificou 40 unidades escolares e outras 41 estão com obras em andamento.

Com informações do Portal da Prefeitura de Fortaleza