Extranet

 

.                                         

A Secretaria Municipal da Educação (SME) realizou, nesta segunda-feira (04/07), o ciclo avaliativo 2022.1 do Planejamento Estratégico  (PES) da Educação de Fortaleza (2021-2024). A reunião, realizada na Academia do Professor Darcy Ribeiro, contou com a participação dos secretários, membros do Comitê Executivo, articuladores e gerentes da SME.

Com o objetivo de avaliar as metas e ações para cumprir as metas globais para a Educação de Fortaleza, a programação do PES contou com palestra e apresentação da execução das metas, com a participação das coordenadorias. Enquanto as discussões e explanações aconteciam, o chargista Valber Benevides fez desenhos dos participantes.

"Muito feliz de pararmos um pouco da nossa rotina diária e estarmos todos aqui. Este é um momento de suma importância para olhar as coisas do ponto de vista estratégico e sistêmico, aprimorar nossa caminhada, para que ocorra de forma integrada, com foco sempre na prioridade de assegurar a aprendizagem dos nossos estudantes, assim como a redução das desigualdades educacionais", afirmou a secretária Dalila Saldanha.


.                                                      
Programação
A abertura do encontro contou com a exibição de vídeo do professor Chico Soares com uma reflexão sobre a importância dos investimentos em educação para reduzir as desigualdades educacionais.

O economista Diogo Pereira, Coordenador da Coordenadoria de Planejamento, Orçamento e Monitoramento (Coplam) da Sepog, palestrou sobre "O planejamento estratégico na efetivação das políticas educacionais". Em sua fala, Diogo destacou como a execução do planejamento contribui para o alcance dos resultados esperados. "Planejamento é algo constante. Usamos em tudo, pois precisamos pensar antes de agir. É importante entender que ele é dinâmico, não é infalível. Precisamos fazer as adaptações necessárias ao longo da execução para chegar ao objetivo prioritário", ressaltou.

Ainda durante a programação, os participantes acompanharam detalhadamente o andamento das metas globais de Governo até 2024, que inclui, entre outras, a implantação de 50 novos Centros de Educação Infantil (CEI) e 50 berçários; 22 novas Escolas de Tempo Integral, totalizando 50 escolas desta modalidade na Rede Municipal; 100% dos alunos do 6° ao 9° ano matriculados em tempo integral, ação que já registra o total de 78,6%.

No período da tarde, o Planejamento Estratégico contou com a presença do vice-prefeito e presidente do Iplanfor, Elcio Batista, que conversou com os participantes sobre a importância da cultura do planejamento nas organizações, assim como para as transformações sociais necessárias.

"Uma política bem desenhada no planejamento será executada de forma mais fácil, com mais qualidade. Planejar é fundamental. Vocês já estão percebendo que os resultados estão chegando, com uma educação com mais equidade e eficiente." apontou Elcio, que destacou ainda as políticas educacionais como vetores de transformação social, o melhor caminho para desenvolver uma nação.