Extranet

 

Exercitando a criatividade e o fortalecimento da cultura digital entre os estudantes, a Secretaria Municipal da Educação (SME) realizou, nesta quinta (30/06) e sexta-feira (01/07), a JD Feira Tech. Promovido na Academia do Professor, em parceria com a Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação (Citinova), o evento faz parte das ações do programa Juventude Digital e visa estimular a democratização das novas tecnologias junto ao público jovem da capital.

Ao todo, 12 escolas, escolhidas via edital,  participaram da iniciativa que reuniu alunos em uma competição de desenvolvedores de jogos - Game Jam. "Selecionamos duas escolas por Distrito de Educação, onde cada unidade pôde escolher duas equipes de alunos do 9º ano para elaborar o protótipo de um jogo, objetivando solucionar um problema do cotidiano da cidade", explicou Paulo Henrique, titular da Célula de Inovação da SME.

Integrando umas das equipes competidoras, Helen de Andrade, estudante da Escola Municipal de Tempo Integral Prof. Antônio Girão Barroso (Distrito 6), não escondeu a empolgação em vivenciar a experiência tecnológica. "É uma coisa nova para a maioria de nós. Estamos tendo a oportunidade de entender toda a construção e um jogo. É algo divertido e que só aumenta a nossa vontade de aprender mais sobre essas tecnologias. Aqui é pura inovação", disse animada.

Já Maxwell Gomes, aluno da Escola Municipal Professora Lireda Facó (Distrito 5), destacou a ideia dos protótipos buscarem a solução para problemas reais. "As dinâmicas são muito divertidas e o trabalho em equipe nos une para pensarmos em possíveis questões que atrapalham nossas vidas. Assim podemos simular nos jogos um destino que resolva isso. É legal, porque começamos do zero e isso vira programação digital", relatou.

Após a elaboração dos projetos e conclusão da fase inicial das competições, os melhores colocados da Feira Tech serão capacitados para desenvolver e amadurecer seus protótipos na JD Férias, que acontecerá durante o mês de julho. Por fim, as equipes vencedoras apresentarão seus projetos no Festival Juventude Digital, realizado em agosto, no Centro de Eventos. O resultado será divulgado na Intranet SME e nas redes sociais do Juventude Digital.

Juventude Digital
O Juventude Digital é uma política pública permanente que tem foco na inclusão digital e na geração de emprego e renda e que já capacitou cerca de 3.600 jovens em 2021. É coordenado pela Citinova e conta com a parceria das secretarias da Juventude e da Educação.

Este ano o programa tem a meta de alcançar 12.500 jovens entre os três eixos: JD 9º ano, voltado para alunos da rede municipal; JD Mercado, com cursos de programação e design; e JD Games, com cursos específicos na área de jogos digitais.