Extranet

 

Se durante boa parte da história o papel da mulher na sociedade resumiu-se a cuidar da casa e dos filhos, Marie Curie mostrou a todos que essa força feminina poderia ir muito além. No fim do século 19, a física e química polonesa destacou-se como um dos principais nomes da ciência ao ganhar dois prêmios Nobel. Ela descobriu o Polônio e o Rádio, marcando seu nome como um exemplo de competência que até hoje inspira diversas mulheres. E esse é o caso de Fátima Lima.

Coordenadora do Distrito de Educação 6 na Rede Municipal, Fátima sabe bem o quanto ser mulher é sinônimo de determinação. No time de gestores dos Distritos, gerenciando mais de 580 unidades escolares na capital, ela é a única mulher nesta importante função. “O fato de eu ser a única coordenadora mulher nunca foi um obstáculo. Muito pelo contrário. Escuto muito o que eles têm a dizer e eles o mesmo. O nosso grupo é muito focado na aprendizagem dos alunos; em que cada uma das crianças aprenda na idade certa”, diz orgulhosa. 

Desde 1995, Fátima trilha uma trajetória de sucesso no serviço público e, especialmente neste período de enfretamento à Covid-19, simboliza uma das vozes femininas que faz a diferença na educação. Movida pelo otimismo, a coordenadora fomenta nos demais colegas a garra trazida de berço através das experiências de sua avó, uma mulher de coragem que lhe ensinou a enfrentar qualquer desafio, por menor ou maior que pareça.

Seja como profissional da educação municipal ou mãe de cinco filhos, Fátima Lima segue firme no propósito de alcançar sempre a sua melhor versão. E, neste mês de março, ela deseja para outras mulheres justamente esse poder transformador. “O que nós precisamos é de respeito e empoderamento. O que nós precisamos é descobrir dentro de nós mesmas essa força. Essa fortaleza que nos faz sair de casa, estudar e trabalhar pelo bem do outro”, finaliza.

Campanha Mulheres na Educação: #ElasFazemADiferença

Ao longo do mês de março, a Secretaria Municipal da Educação (SME) homenageou figuras femininas da Rede de Ensino pelo mês da mulher. Na campanha #ElasFazemADiferença, a Secretaria enaltece o trabalho das mulheres neste período de combate ao coronavírus. O protagonismo de alunas, professoras nas aulas online e a garra de diversas personalidades que, atrelada a força e cuidado, dão continuidade ao compromisso de educar (e aprender) com qualidade e equidade.