Extranet

Para ter acesso a Intranet insira seu usuário e senha do e-mail institucional.

USUÁRIO:

Sair

 

Quarenta e três alunos da Rede Municipal de Ensino são capacitados pelo Projeto Primeiro Passo

 

Quarenta e três alunos da Rede Municipal de Ensino, alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA), concluíram, nesta terça-feira (30), o Projeto Primeiro Passo, na linha de ação Jovem Aprendiz. A solenidade de formatura aconteceu no Clube da Petrobrás e contou com a participação do secretário adjunto da Secretaria Municipal da Educação (SME), Jefferson Maia.

A oportunidade oferecida aos alunos das escolas municipais é fruto de uma parceria entre a Secretaria Municipal da Educação (SME) e a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), do Governo do Estado. Por meio do Projeto, os jovens são capacitados para o mercado de trabalho cearense, trabalham e estudam ao mesmo tempo, têm aprendizagem prática e teórica, inclusive com a carteira já assinada como aprendizes.

Para 2017, mais 53 alunos da Rede Municipal de Ensino, distribuídos em escolas dos seis Distritos de Educação, serão capacitados pelo Projeto. 

Projeto Primeiro Passo

É uma ação do Governo do Estado do Ceará, que tem como objetivo a inclusão de jovens no mercado de trabalho por meio da Aprendizagem – Jovem Aprendiz. É desenvolvido pela Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) por meio de convênios com entidades qualificadas junto ao Ministério do Trabalho e Emprego como instituição qualificadora.

O Jovem aprendiz deverá estar regularmente matriculado em um curso de formação profissional, concomitantemente em que está frequentando a Educação de Jovens e Adultos, e será inserido em uma das empresas parceiras do Projeto para sua aprendizagem profissional.

As ações de qualificação profissional ocorrerão dois dias na semana no contra turno em que o aluno está na empresa. No horário da noite, o aluno estará frequentando a escola. A experiência profissional ocorrerá de segunda à sexta-feira, com carga horária diária de 4 horas não ultrapassando às 20 horas semanais. O aluno será remunerado pelo tempo em que está na empresa + o tempo dedicado à formação profissional.