Extranet

 

  

 

A Secretaria Municipal da Educação (SME) realizou, na tarde desta segunda-feira (14/12), a reunião de planejamento estratégico 2020. Participaram mais de 90 pessoas, entre coordenadores e representantes das assessorias da SME, Distritos de Educação, alunos, pais, professores, diretores, agentes de cidadania, representantes de conselhos municipais e convidados, com o propósito de avaliar e construir um ensino cada vez melhor para os alunos da Rede Municipal de Fortaleza.

Diante do ano atípico, por conta da pandemia da Covid, o ciclo avaliativo foi realizado totalmente de forma virtual. A programação contou com apresentações das áreas finalísticas (Coordenadoria da Educação Infantil, Coordenadoria do Ensino Fundamental e Coordenadoria de Articulação da Comunidade e Gestão Escolar) sobre as ações planejadas e executadas, nos últimos quatro anos,  e discussão em mesas temáticas para avaliar, refletir e discutir os rumos futuros da política educacional de Fortaleza, com foco na inovação para superar os desafios.

  

Durante a abertura, a secretária Dalila Saldanha destacou a importância da reunião em relação ao trabalho desenvolvido ao longo dos últimos anos. “Neste espaço celebramos as grandes conquistas, demarcamos nosso legado e avaliamos o que deve ter continuidade, com foco no aprendizado de qualidade de crianças, adolescentes e adultos. Temos o sentimento que demos nosso melhor, mas precisamos sempre fazer a reflexão do que ainda é preciso avançar. Nossa cidade ainda é muito desigual, por isso precisamos fazer o planejamento e as reflexões a cada ciclo. É necessário ter sempre essa capacidade de identificar onde deve-se avançar para garantir o direito de aprender de nossas crianças, jovens e adultos, contribuindo para uma sociedade mais justa e igualitária”, ressaltou.

Entre as apresentações feitas, a gestora trouxe aos participantes um panorama dos resultados da política educacional, destacando as estratégias, principais números da Rede Municipal e o monitoramento da ações planejadas e executadas, incluindo aquelas com foco na pandemia.

Ao longo da reunião, a gestora avaliou, ainda, o resultado histórico obtido nos últimos anos, fruto de um trabalho focado e com união. “Conseguimos avançar de forma extraordinária com 94,4% das crianças alfabetizadas na idade certa. Isso significa que 100% das nossas escolas alfabetizam as crianças. Esse é o maior legado que nossa Rede deixa para a cidade, o direito de ler na idade certa. Todos que estão conosco, nas mais diversas funções, têm papel importante nessa conquista, incluindo as lideranças, conselhos, ONGs,  famílias, que são nossos braços e parceiros sempre. Agradecer e reconhecer o papel importante. Esse time é que possibilitou  a conquista dos avanços de forma mais rápida”, pontuou.