Extranet

 
 
 
A Prefeitura de Fortaleza inicia, nesta segunda-feira (20/07), por meio da Secretaria Municipal da Educação (SME), a quinta etapa de distribuição de kits de alimentação aos 231 mil alunos da Rede Municipal de Ensino. O benefício individual é assegurado para todos os alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA), contemplando creches conveniadas, Centros de Educação Infantil e escolas. 
 
A ação tem o objetivo de complementar a alimentação dos estudantes, durante o período de suspensão das aulas presenciais, em decorrência do enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. Somando-se ao quantitativo das demais entregas, realizadas em março, abril, maio e junho, o Município já beneficiou as famílias dos estudantes com cerca de 9.200 toneladas de alimentos e 8.316.000 unidades de ovos.  Os kits serão entregues aos alunos enquanto as aulas presenciais estiverem suspensas. 
 

A exemplo do que ocorreu nas etapas anteriores, a distribuição dos kits acontecerá nas unidades escolares, obedecendo um cronograma, onde a direção da escola entra em contato com as famílias para informar quando os alimentos estarão disponíveis para retirada. A entrega começa pelos alunos da Educação Infantil.

 
Medidas de segurança e higiene também são tomadas no processo de entrega. Ao chegar na unidade, os pais receberam orientações para higienizar as mãos, assim como foi resguardado o distanciamento entre as pessoas. Os mesmos cuidados foram adotados pelos profissionais da Educação envolvidos na ação.
 
Os gêneros alimentícios ofertam carboidratos, proteínas, vitaminas e minerais, que colaboram com a imunidade dos alunos. Deste modo, o responsável por cada aluno recebeu o kit composto por 1 caixa com 12 ovos, 1kg de açúcar, 2 kg de arroz branco, 1 pacote de macarrão espaguete, 1 pacote de biscoito, 1kg de feijão, 1 garrafa de óleo de soja, 1 kg de sal, 1 kg de farinha de mandioca e 1 pacote de farinha de milho. 
 
A aquisição dos kits de alimentação é realizada a partir de recursos municipais e do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). A distribuição faz parte da campanha “Educação pela vida: coronavírus não”, que tem o intuito de contribuir com a disseminação de informações e orientações para os alunos da Rede Municipal Ensino e seus familiares, envolvendo a comunidade escolar de uma forma geral.