Extranet

 

O secretário adjunto da Educação, Jefferson Maia, participou na manhã desta terça-feira (10), na sede da Secretaria Municipal dos Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS), de solenidade de assinatura do termo de doação de seis computadores à SME, por parte da SDHDS.  Os equipamentos fortalecerão o trabalho voltado à condicionalidade da Educação que compõe o Bolsa Família, um dos programas do Cadastro Único.  Também participaram do ato inédito o secretário da SDHDS, Elpídio Nogueira, e a secretária da Saúde, Joana Maciel, que também recebeu doações de equipamentos.

Para o secretário Elpídio Nogueira, o trabalho de parceria estabelecido pela SME, SMS e SDHDS, é essencial para o avanço e ampliação das ações de assistência ofertadas à população. “Recebemos quase o dobro das outras capitais do Nordeste e somos o 2° lugar no Cadastro Único. Isso mostra que ações conjuntas estão tendo efeito e que a parceria deve continuar, pois quem ganha é a cidade. Nosso programa Bolsa Família é um dos melhores do país e mais fortalecido com a intersetorialidade”, disse Elpídio.

O secretário Jefferson Maia, em sua fala, chamou atenção para o fortalecimento do trabalho coletivo na prática. “Percebemos isso no dia a dia, porque o nosso foco é o mesmo, atender as pessoas vulneráveis de Fortaleza. Nossa cidade tem hoje outro cenário de organização, estamos avançando e garantindo que nossa população tenha direitos garantidos. Fazemos um trabalho intersetorial diferenciado que hoje muda a realidade das pessoas”, ressaltou o secretário.

A plataforma Busca Ativa também foi destacada pelo gestor da Educação, que chamou atenção para a importância do acompanhamento da frequência escolar do aluno para a garantia do recebimento do benefício do Bolsa Família.

 

Bolsa Família

O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda, direcionado às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o País, de modo que consigam superar a situação de vulnerabilidade e pobreza. O programa busca garantir a essas famílias o direito à alimentação e o acesso à educação e à saúde.

Em todo o Brasil, mais de 13,9 milhões de famílias são atendidas pelo Bolsa Família. Fortaleza é a terceira capital do país em números de famílias beneficiárias com 197 famílias. A capital possui ainda 412 mil famílias no Cadastro Único.

Condicionalidades

Periodicamente, o Ministério da Cidadania gera uma base de dados com o público para acompanhamento das condicionalidades, ou seja, uma tabela com informações das crianças e dos adolescentes de 6 a 17 anos que deverão ter a frequência escolar verificada, informações das crianças de 0 a 6 anos que deverão ter o calendário vacinal, o peso e a altura acompanhados, além de dados das mulheres em idade fértil para identificação das gestantes e acompanhamento do pré-natal.