Extranet

 
A Prefeitura de Fortaleza construirá uma Escola de Tempo Integral (ETI) e do Centro de Educação Infantil (CEI) que beneficiarão mais de 600 estudantes do Serviluz. A autorização para o início das obras foi dada, nesta sexta-feira (17/01) pelo prefeito Roberto Cláudio que ressaltou a importância do caráter em tempo integral dos equipamentos. “Iniciamos hoje dois equipamentos que irão alimentar sonhos. Eles pemitirão que, aqui no Serviluz, a criança possa ter a oportunidade de ser o próximo prefeito, doutor, engenheiro ou juiz. Também para proteger a meninada dos males e riscos das ruas, passando o dia inteiro na escola, sendo bem alimentado e ouvindo todo dia que é possível realizar os sonhos”, afirmou. A ETI e o CEI fazem parte do maior programa de investimentos da história da Cidade, o Mais Ação.

Além de assinar a ordem de serviços dos equipamentos de ensino, Roberto Cláudio anunciou uma séries de obras previstas para a região do Serviluz e que devem ser iniciadas entre fevereiro e março "Faremos um grande investimento habitacional, com reforma de casas e entrega do papel da casa. Esse último deve beneficiar mais de 1.200 pessoas. Além disso, está prevista a urbanização da avenida Pontamar, com calçadão, contenção da areia, areninha e urbanização da Rua do Comércio”, informou o Prefeito.

A nova Escola de Tempo Integral contará com investimento de R$ 8.767.993,63. Sua estrutura será composta de 12 salas de aulas temáticas, três laboratórios, biblioteca, cozinha, refeitório, auditório, diretoria, secretaria, coordenação pedagógica e coordenação de área, sala do professor diretor de turma, sala dos professores, pátio com projeto paisagístico, ginásio (com quadra poliesportiva coberta, arquibancadas e alambrados), vestiários e depósitos. A unidade deve atender 420 alunos, do 6º ao 9º ano.

 
Equipamentos beneficiarão mais de 600 estudantes da região
Já o Centro de Educação Infantil, que terá investimento total R$ 3.069.676,97, contará com salas de aula, banheiros com acessibilidade, cozinha, refeitório, despensa, lavanderia com depósito para material de limpeza, fraldário, lactário, secretaria, coordenação, sala de professores, entre outros espaços. O projeto contempla, ainda, brinquedoteca (sala multiuso), área de lazer com playground e solarium. O CEI atenderá cerca de 200 crianças do Serviluz e adjacências.

Para Tereza dos Santos, 68 anos, dona de casa e avó de 18 netos, os centros de ensino são bem-vindos e trarão mais conforto à família. “Precisávamos há muitos anos desta escola e desta creche. A gente tinha que pagar caro em particular porque não tinha escola pública aqui. Era um sofrimento para levar, pegar ônibus, porque era longe. Agora é aqui, e é de graça. Vão ficar o dia na escola, aprendendo, tendo conhecimento, comida, ajuda muito a família”, disse.

Dalila Saldanha, secretária da Educação, afirmou que a área conta com outros projetos dentro do Mais Ação. “Só na Educação, ainda vamos entregar 36 CEIs. Alguns já estão com obras avançadas, outros estão começando ou em licitação. São 26 novas ETIs e outras escolas de tempo parcial nos conjuntos habitacionais. Devemos entregar ainda mais de 100 requalificações de escolas e 50 reformas de quadras", contabilizou.
   
ETI e o CEI fazem parte do maior programa de investimentos da história da Cidade 

Mais Ação
Com um valor global de recursos a serem investidos na ordem de R$ 1,5 bilhão, o Mais Ação vai garantir, dentre as iniciativas previstas, a reforma e a construção de unidades de saúde, a requalificação de espaços públicos, a edificação de Centros de Educação Infantil e Escolas de Tempo Integral, a urbanização de lagoas, a drenagem e a pavimentação de vias, além da ampliação do projeto Areninhas, implantação de binários, ciclofaixas e de melhorias voltadas ao transporte público municipal. A meta do programa é atender, no biênio 2019-2020, todas as Regionais da Capital.