Extranet

 

Último dia da etapa distrital da IX Feira Municipal de Ciências reúne trabalhos dos Distritos 2 e 6

 

 

A exposição de projetos estudantis dos Distritos de Educação 2 e 6, marcou, nesta quinta-feira(29/08), o último dia da etapa distrital da IX Feira Municipal de Ciências e Cultura de Fortaleza, na Casa José de Alencar. A ação pedagógica de socialização dos trabalhos, idealizada pela Secretaria Municipal da Educação (SME), por meio da Célula de Desenvolvimento Curricular, da Coordenadoria de Ensino Fundamental, reuniu estudantes no intercâmbio de pesquisas e também contou apresentações musicais.
 
Na ocasião, o gerente da Célula de Desenvolvimento Curricular da SME, Wesley Rocha, agradeceu o empenho dos Distritos de Educação na mobilização da etapa, evidenciando o trabalho significativo dos professores e diretores da Rede Municipal em desenvolver a educação científica na rotina escolar. Sobre isso, o coordenador do Distrito 2, Josa Vasconcelos, também pontuou o papel dos educadores no fortalecimento do protagonismo estudantil. "Os professores conduzem os sonhos dos alunos, elevando seus potenciais. A Feira mostra esse esforço e a união de toda a SME e distritos em caminharmos pela educação", afirmou.
 

Ao todo, 120 trabalhos foram selecionados para a etapa distrital na nona edição da Feira, voltada para estudantes do 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental e da modalidade de Educação de Jovens e Adultos. Destes, os 60 melhores projetos avaliados serão classificados para a fase municipal. A ação, dessa forma, tem como intuito estimular em sala de aula práticas científicas que despertam a investigação, criatividade e reflexões, bem como a proposição de soluções inovadoras para problemáticas do cotidiano.

 
 
A ação pedagógica visa a socialização dos trabalhos e intercâmbio científico entre os estudantes
 
"Ano passado participamos desse mesmo percurso e é uma oportunidade muito grande de conhecimento e feito em estar representando nosso Estado. Com esses momentos o trabalho do Ceará na educação tem ganhado destaque", afirmou Lucas de Sousa Ribeiro, professor da ETI Professora Antonieta Cals (Distrito 2). Em 2018, a partir da classificação na Feira, o orientador e sua equipe de alunos da EM Professora Maria Odnilra Cruz Moreira (Distrito 2), representaram a Rede na I Mostra Nacional de Feiras de Ciências, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul.
 
Já Bruno Mohr, aluno da EM Democríto Rocha (Distrito 6), apresentou-se pela primeira vez na Feira e apontou a experiência como algo diferenciado em sua vida estudantil, despertando nele a vontade de seguir os estudos científicos. "Eu e meu colega aprendemos muito em nosso trabalho. Agora me sinto animado e quero seguir nesse caminho, compartilhando os aprendizados com meus colegas e, no futuro, com pessoas de outras cidades e até países", finalizou o estudante, confiante em ser classificado para a etapa municipal, que acontece em setembro.