Extranet

 

#SMEnaBienal: programação da Rede Municipal movimenta evento e mais de 10 mil alunos participam

 

 

Ao longo dos 10 dias da XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará, que se encerrou no domingo (25/08), a Secretaria Municipal da Educação (SME) levou mais de 10 mil alunos da Rede Municipal para visitar o evento literário e os espaços idealizados pela SME. Na programação da Rede Municipal, alunos protagonizaram atividades artísticas de estímulo à leitura, desenvolvidas nas escolas municipais, como peça teatral, musical e recital de poesia.
 
Além disso, o público de cerca de 450 mil pessoas que circulou nos dias de evento também conheceu projetos da SME com foco no estímulo dos alunos ao hábito da leitura e, ainda, participou de lançamentos de livros de professores da Rede, que ocorreram em diversos momentos da programação da Bienal. As visitações dos estudantes ao evento fazem parte do Agosto+, programação dedicada aos alunos da Rede Municipal em comemoração ao mês do estudante. 
 
Um dos projetos destaque da programação da SME foi o “Professor Autor: Fazendo História... Trocando Figurinhas”, que foi apresentado durante bate-papo de docentes autores da 2ª edição do livro. O projeto busca incentivar, no magistério municipal de Fortaleza, a cultura da produção de relatos de experiências docentes bem-sucedidas no desenvolvimento da aprendizagem dos estudantes. 

Na plateia da roda de conversa do “Professor Autor”, estava o aluno da Educação de Jovens e Adultos (EJA), Carlos Rocha, da Escola Municipal Manuel Lima Soares, no bairro Parque Dois Irmãos (Distrito 6), que participava pela primeira vez da Bienal. O estudante recorda que em 2017 foi ao evento, como motorista, levar os alunos da Rede Municipal e hoje ele era o aluno protagonista. "É maravilhoso estar no evento, deixei tudo em casa pra prestigiar o bate-papo. A rotina foi pesada, mas estou feliz em participar. Hoje vim como aluno 'vip' da escola, pois não falto aula. Estou amando voltar para esse universo dos estudos", se orgulha.    

Uma das apresentações da programação da Rede Municipal na Bienal foi a do coral da Escola Municipal Parque São Miguel, da Lagoa Redonda (Distrito de Educação 6), com alunos do programa Mais Educação, que saíram pela primeira vez da escola para cantar no palco da SME na Bienal. A aluna Eloa Lopes, do 3º ano, diz que estava ansiosa para subir ao palco e cantar. "Sempre gostei de cantar. Tenho amor pela música e gosto muito de participar desse projeto na escola. Foi muito legal o dia, andei de escada rolante e deu tudo certo na apresentação. Eu e minha mãe ficamos felizes de eu estar aqui hoje", conta sorridente.   
 
Espaços da SME
O estande da Rede Municipal na Bienal 2019 consistiu em um espaço interativo, que apresentou a Educação de Fortaleza no contexto da leitura. Os alunos e visitantes puderam ler livros, brincar, consultar publicações da SME. Outro espaço direcionado à secretaria foi o salão SME, onde várias escolas apresentam atividades alusivas à leitura. 
 
Investimento para aquisição de livros
Como ocorre todos os anos desde o início da gestão do prefeito Roberto Cláudio, os professores da Rede Municipal recebem um crédito de R$ 100,00 para aquisição de livros e/ou material de incentivo à leitura durante a XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará. O benefício tem o objetivo de fomentar a atualização de conhecimentos, informações didáticas e acesso a inovações tecnológicas. Serão beneficiados cerca de nove mil professores da Rede.
 
Além deste benefício, a novidade deste ano  é o Credlivro, repasse voltado para aquisição de livros paradidáticos para bibliotecas de 139 escolas municipais, em conformidade com o Prêmio Escola com Excelência em Desempenho (Pemed), que atendam ao Ensino Fundamental II. As duas ações de estímulo à leitura e ampliação dos créditos para a Rede de Ensino totalizam o repasse de um milhão e trezentos mil reais.