Extranet

 

[SME NA BIENAL] Abertura da XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará reúne autoridades e público

 

A abertura da XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará marcou o início da programação do evento e deu as boas-vindas ao público, na noite desta sexta-feira (17/08), no Centro de Eventos do Ceará. A cerimônia contou com a presença de autoridades e público em geral, como secretário-chefe da Casa Civil do Governo do Ceará, Élcio Batista; Luisa Cela, secretária executiva da Cultura do Estado do Ceará; Suzete Nunes, secretária executiva de Planejamento e Gestão Interna da Cultura do Estado do Ceará. A secretária da Educação, Dalila Saldanha, participou da solenidade, ao lado de outros gestores das esferas municipal e estadual, representantes de entidades relacionadas ao livro, à leitura e à cultura, de instituições educacionais, secretários, patrocinadores e outros convidados.
 
A cerimônia, realizada no salão Terreiro em Sonho, no térreo do Centro de Eventos do Ceará, reuniu cerca de 450 pessoas, entre visitantes, escritores, artistas e outros participantes da Bienal. Todas as falas tiveram tradução em Libras (Língua Brasileira de Sinais). Em sua fala, a coordenadora geral do evento, Goreth Albuquerque, citou o conceito de educação do sensível – relacionado à capacidade de ficcionar, de sonhar, contra um estado de anestesia – como um aspecto inerente à Bienal. “Que essa Bienal seja um exercício do encontro para despertar sensível em nós”, resumiu.

Confira a programação da SME na Bienal

Na sequência, a curadora da XIII Bienal Ana Miranda elogiou: “É a Bienal mais linda ,mais carinhosa, que traz o espírito de um povo que tem meiguice, resistência, sensibilidade”, falou. O secretário da Cultura do Ceará, Fabiano Piúba, saudou todas as autoridades presentes, pouco antes de ler um trecho de “A Casa”, da escritora cearense Natércia Campos.