Extranet

 

Secretário adjunto participa de audiência pública sobre a plataforma Busca Ativa Escolar

 

Para definir encaminhamentos de combate ao abandono escolar, o secretário adjunto da Educação, Jefferson Maia, esteve em audiência pública sobre a plataforma Busca Ativa Escolar. A sessão, que ocorreu na manhã desta quinta-feira (13/06), foi articulada pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MP-CE), por meio da 14ª Promotoria de Justiça de Fortaleza.

Durante a audiência, o secretário adjunto apontou as ações da plataforma, desde resultados e melhorias no contexto escolar, até as necessidades para o fortalecimento do trabalho já desenvolvido pela iniciativa. "Trabalhamos com todo um contexto que vai além do ambiente escolar, em áreas que realmente há o risco de evasão dos alunos. Esse é um exercício que a gente pratica todos os dias nas escolas. Um exercício de educar pela paciência para que os estudantes permaneçam estimulados”, disse.

Para a promotora de justiça Elizabeth Almeida, a integração de todas as instituições envolvidas é de extrema importância para os avanços das atividades. "Quando um aluno disperso se depara com algo que lhe insere no contexto escolar, ele passa a se sentir motivado e isso muda a realidade. Todos devem ficar sempre envolvidos nas ações, pois o horizonte para muitos desses jovens ainda é pequeno", ressalta a promotora.

Também estiveram presentes na audiência representantes das Secretarias de Educação do Ceará (Seduc); da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS); e Coordenadorias jurídica e de planejamento da Secretaria Municipal da Educação (SME).

Saiba mais
A plataforma Busca Ativa Escolar visa eliminar a infrequência dos alunos e, com isso, assegurar as aprendizagens, minimizando o abandono escolar e a reprovação. Por meio da Busca Ativa Escolar, se monitora, diariamente, a frequência de 100% dos alunos, do Infantil I à Educação de Jovens e Adultos (EJA), adotando, em tempo hábil, medidas que envolvam a família e garantam a presença do estudante na unidade educacional.