Extranet

 

Projeto “Auditor Aprendiz” estimula cidadania de alunos da Rede Municipal

 

A Prefeitura de Fortaleza lançou, na manhã desta sexta-feira (03/05), o projeto “Auditor Aprendiz”, iniciativa pioneira em escolas do Nordeste. Realizado por meio da Controladoria Geral do Município (CGM), em parceria com as Secretarias Municipais da Educação (SME) e de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog), o projeto visa desenvolver o exercício de direitos e deveres políticos, civis e sociais no ambiente escolar. O lançamento da ação ocorreu na Escola de Tempo Integral (ETI) Maria Odete da Silva Colares, em Messejana (Distrito 6), com a presença da secretária da Educação, Dalila Saldanha.

Voltado para 172 jovens do 6º ao 9º ano das escolas municipais, o projeto tem como objetivo estimular o olhar cidadão no desenvolvimento de melhorias para as unidades da Rede. A partir dessa premissa, cada escola participante terá um Conselho de Auditores, composto por 18 alunos e professores mentores, que irão estimular o engajamento de todos os estudantes para que preencham um questionário de auditoria apontando as principais oportunidades de melhoria na escola, incluindo estrutura, alimentação e até ambiente escolar. O questionário será respondido por meio do sistema @valie, desenvolvido pela Sepog, que será disponibilizado em totens nas unidades escolares.

"O projeto irá discutir soluções criativas para as demandas escolares. Assim junto com a Secretaria da Educação, a CGM irá avaliar e, no fim do nosso cronograma, a escola vencedora irá receber um computador e o Selo CIEF (Selo de Controle Interno Eficiente), e o Conselho Auditor um passeio cultural", explicou Luciana Lobo, secretária da Controladoria e Ouvidoria Geral do Município (CGM).

  
Lançamento do projeto “Auditor Aprendiz”


A titular da Secretaria Municipal da Educação (SME), Dalila Saldanha, ressaltou a implementação da iniciativa como um meio de motivar o engajamento social. "Essa ação insere na dinâmica escolar o espírito de cidadania, onde a gestão pratica o protagonismo juvenil. Iremos fortalecer com esse projeto inúmeros benefícios, para que juntos possamos construir uma cidade ainda melhor", disse.

Para Nicole Ribeiro, estudante do 9º ano da ETI Maria Odete da Silva Colares, a proposta vem como uma forma diferente de aproximar os alunos em prol de causas que ajudam  toda a comunidade. "Todos os alunos tem opiniões e se unirmos todas essas ideias iremos trazer muitas melhorias, para todos da nossa escola e fora dela", afirmou.

A programação de lançamento contou com distribuição do kit do projeto “Auditor Aprendiz” e apresentação musical de alunos. Estiveram presentes no evento a diretora da ETI Maria Odete da Silva Colares, Ienatla Sombra; secretária executiva da Sepog, Christina Machado; o secretário adjunto da Educação, Jefferson Maia, a coordenadora de Articulação da Comunidade e Gestão Escolar, Lucidalva Bacelar, e coordenadores de Distritos de Educação.

No total, 10 unidades da Rede Municipal participam da iniciativa do “Auditor Aprendiz”. São as seguintes: ETI Maria Odete Colares (Distrito 6), EM Aldaci Barbosa (Distrito 2), ETI Alvaro Costa (Distrito 2), ETI Joaquim Fco de Sousa Filho (Distrito 3), ETI Edgar Linhares (Distrito 4), ETI Maria José Ferreira Gomes (Distrito 5), EM Raquel de Queiroz - Unidade II (Distrito 4), EM Herondina Lima Cavalcante (Distrito 1), EM Marieta Cals, (Distrito 6), e ETI Aldemir Martins (Distrito 1).