Extranet

 

SME inicia 1ª fase do #EuNoIFCE 2019 com emissão de documentos dos alunos

 

A Secretaria Municipal da Educação (SME) lança a versão 2019 do projeto #EuNoIFCE. Composto por cinco fases, o projeto inicia a primeira etapa neste mês de abril, voltada à emissão de documentos dos alunos do 9º ano do Ensino Fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). A campanha se estende até junho.

Nesta fase, os alunos e pais são estimulados a procurar os órgãos competentes para garantir a emissão do RG e CPF e o registro no Cadastro Único. Essa etapa de emissão de documentos é importante para facilitar o desenvolvimento das atividades dos alunos enquanto cidadãos como também contribui para a inscrição no processo seletivo e para ingresso nas escolas de nível médio profissionalizante, como o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE).

Para o sucesso da primeira fase do #EuNoIFCE, é imprescindível o acompanhamento dos Distritos de Educação e o empenho do núcleo gestor das unidades escolares. A SME conta com a mobilização de todos.

#EuNoIFCE 
O projeto #EuNoIFCE faz parte do Aprender Mais, iniciativa da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Educação (SME), voltado aos estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental e EJA. Além de acompanhar e direcionar os alunos em todas as fases do processo seletivo do IFCE, em diferentes etapas - da emissão dos documentos ao processo de efetivação da matrícula, as ações do Aprender Mais têm como foco, também, a melhor preparação dos alunos para o Ensino Médio - por meio do projeto #PartiuEnsinoMédio, e para avaliações externas, como o Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Ceará (Spaece). 

Confira os documentos necessários para a emissão do RG:

- Certidão de nascimento original (legível e uma cópia);

- Comprovante de endereço (original e uma cópia);

- 2 fotos iguais e de frente, no tamanho 3x4

Documentos  necessários para solicitar o CPF:

- Os menores de 18 anos devem estar acompanhados de um responsável legal portando o documento de identidade (RG), para pai, mãe, tio, tia, avô, avó, irmão ou irmã (maiores de 18 anos) ou responsável legal portando a Declaração do Conselho Tutelar.