Extranet

 

Psicomotricistas da Rede Municipal apresentam experiências em seminário no Pará

 
As psicomotricistas relacionais Maria Valdirene da Silva, da Escola Municipal Castelo de Castro, Priscila Barros de Freitas, da Escola Municipal Maria Liduina Correia Leita, e Ofélia de Freitas Pessoa, da Escola Municipal Frei Agostinho Fernandes, participam, em Belém do Pará, do II Seminário de Psicomotricidade Relacional. O evento ocorre neste sábado (23/03).
 
Com o tema "Psicomotricidade Relacional na Escola: Desenvolvendo Competências Socioemocionais", a profissional Ofélia Pessoa participou nesta sexta-feira (22/03) no Programa Brasil Urgente, divulgando o seminário e a palestra envolvendo o tema. Nesse evento, as psicomotricistas compartilharão suas experiências, de cunho teórico e prático, vivenciadas por ocasião da implantação dessa atividade na Rede Municipal de Fortaleza. 

Psicomotricidade relacional 

Trata-se de uma técnica que potencializa o equilíbrio emocional, a socialização e o desenvolvimento cognitivo de alunos e professores. Permite que os participantes expressem suas dificuldades relacionais para que elas sejam superadas. 

Com a conquista de autoconfiança, autoestima, aceitação de limites, canalização positiva de agressividade, resiliência, determinação e criatividade, os alunos passam a absorver melhor os conteúdos da sala de aula, aumentando os índices de aprendizagem da leitura e da escrita.