Extranet

 

Primeira reunião de gestores e técnicos dos Distritos discute novas ações do projeto EMPAZ

 

Na manhã da última terça-feira (26/02), os gestores do projeto Escola Mediadora que Promove a Paz (EMPAZ) e os técnicos dos Distritos da Secretaria Municipal da Educação (SME) se reuniram, na  Universidade do Parlamento Cearense (Unipace), para realizar a primeira reunião do ano e discutir o cronograma das próximas ações do projeto. O objetivo do encontro foi apresentar o cronograma das ações e reforçar o papel de extrema relevância dos gestores como articuladores e motivadores do projeto. 

Durante a reunião, foram comunicadas aos gestores, técnicos de educação, orientadores educacionais e profissionais de referência das escolas, que irão desenvolver o EMPAZ em 2019, todas as orientações sobre a fase inicial de implementação do projeto. Além disso,  os presentes conferiram ainda uma apresentação sobre o EMPAZ, a partir da experiência de seus protagonistas que expressaram a importância do projeto para a construção de um clima acolhedor, harmonioso e cooperativo nas escolas.    

De acordo com a professora Raquel Sales, da Escola Municipal João Mendes de Andrade, localizada na Granja Lisboa (Distrito 5), os conteúdos abordados na formação da Equipe de Mediação Escolar foram fundamentais para aperfeiçoar a sua capacidade de escuta. “É necessário que os docentes se envolvam cada vez mais com o projeto EMPAZ, pois ele traz ferramentas que contribuem bastante para melhorar a convivência entre os alunos e entre os próprios professores”, explicou.

Para o estudante e mediador Gabriel Alves, da Escola Municipal Professora Terezinha Ferreira Parente, na Lagoa Redonda (Distrito 6), o projeto é importante pois propiciou que suas ideias e sentimentos fossem acolhidos por todos. O estudante ainda deseja que o projeto EMPAZ seja implantado em todas as escolas do Brasil, pois segundo ele, ainda existe muita violência entre as pessoas. “Foi perceptível a transformação dos meus colegas que deixaram de ser briguentos e passaram a resolver as coisas na paz, com diálogo", reflete.  

O Projeto EMPAZ é uma ação estratégica criada e desenvolvida pela equipe técnica da SME para melhorar o clima do ambiente escolar, pois visa capacitar as equipes de mediação nas escolas para desenvolver a mediação de conflitos trazendo a proposta de prevenir à violência e de promover a cultura de paz entre os alunos. 

O evento contou também com a participação da representante do Gabinete da SME, Ruani Cordeiro; Betânia Gomes e Marcelo Rangel, representando os técnicos da Célula de Mediação Escolar e Cultura de Paz da Secretaria Estadual de Educação - Seduc.