Extranet

 

[FORTALEZA] Prefeito Roberto Cláudio anuncia Programa Caminhos da Escola

 

Caminhos
O Prefeito premiou os 27 alunos da Rede de Ensino Municipal melhores colocados no II Prêmio AMC de Mobilidade Urbana (Foto: Marcos Moura)


O prefeito Roberto Cláudio anunciou o Programa Caminhos da Escola, na manhã desta terça-feira (18/12), no Paço Municipal. O novo projeto implementará série de intervenções com objetivo de reduzir acidentes e mortes no trânsito envolvendo crianças e adolescentes no entorno de escolas públicas da Prefeitura. Durante a solenidade, o gestor aproveitou para premiar os vencedores do II Premio AMC de Mobilidade. A secretária da Educação, Dalila Saldanha, participou da solenidade.

“Temos duas razões para nosso encontro de hoje. Uma é celebrar, homenagear e agradecer aos alunos pela participação do II Prêmio de Mobilidade. A segunda é anunciar no que consiste o Programa Caminhos da Escola, que terá implementado cronograma ao longo dos próximos anos. Ele será muito mais que uma ação para o trânsito, tem foco na saúde pública”, afirmou o Gestor da Capital.

Segurança viária
O novo Programa tem como objetivo garantir a segurança viária de crianças nos seus deslocamentos diários, por meio da implantação de intervenções em áreas escolares. Para cada tipo de intervenção de desenho urbano, será desenvolvido um projeto-piloto, levando em consideração as peculiaridades de cada entorno escolar.

Poderão ser implementados, por exemplo, elementos de renovação, adequação e ajustes da sinalização viárias, requalificação e prolongamento de calçadas, implantação de travessias elevadas, áreas de paraciclos, novos semáforos para pedestres e limites de velocidade, iluminação em led, requalificação de paradas de ônibus, promoção de campanhas educativas, entre outros.

Dividido em etapas, o projeto será implementado em fase de testes ao longo de 2019. “Agora, vamos identificar as principais escolas, traçar perímetro em torno delas, sendo de aproximadamente 200 metros, que receberão um conjunto de ações viárias. Vamos procurar os pontos críticos de acidente nesse espaço, identificando-os, e ver, no entorno, se existem outros polos geradores de trânsito para, a partir daí, definir ações específicas para uma”, declarou Luiz Alberto Sabóia, secretário-executivo da Conservação e Serviços Públicos.

Como critério de escolha, terão como prioridades regiões em que tenham ocorrido acidentes com vítimas feridas e/ou fatais, escolas com grande número de matriculados, existência de outros equipamentos públicos nas proximidades das instituições de ensino e a presença de espaços livres que possam ser reaproveitados pelo projeto.

Após a implementação dessas primeiras experiências, serão analisados dados e realizados as modificações de aprimoramento. A expectativa é que, com os bons resultados alcançados, o Projeto seja ampliado para toda a rede escolar municipal.

O Programa é alinhado com o Fortaleza Amiga da Criança e será desenvolvido pela Secretaria de Conservação, por meio do PAITT, em parceria com AMC, Secretaria Municipal da Educação e Gabinete da Primeira-Dama. Dentro das atividades realizadas em parceria, será implementado, a partir de 2019, a temática da Segurança Viária dentro do Currículo Escolar Municipal.

Nos últimos três anos, 693 crianças estiveram envolvidas em acidentes de trânsito em Fortaleza, entre feridas e mortas. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), essa é a principal causa de mortes de jovens entre 5 e 14 anos de idade no mundo inteiro.

II Prêmio AMC de Mobilidade Urbana
Logo após o anúncio do Programa Caminhos da Escola, O prefeito Roberto Cláudio e a primeira-dama Carol Bezerra premiaram os 27 alunos da Rede de Ensino Municipal melhores colocados no II Prêmio AMC de Mobilidade Urbana. O prêmio teve como objetivo estimular o exercício contínuo da cidadania, além de promover reflexão sobre o comportamento de cada um no trânsito através do tema “Nós Somos o Trânsito”.

Aluna do 7º ano da Escola Municipal Prof. Terezinha Ferreira Parente, Rebecca Ingrid Moreira, de 13 anos, contou como foi ser uma das vencedoras da premiação. “Me sinto muito feliz em saber que meu esforço me trouxe bons resultados, além de me estimular a ser uma cidadã melhor. Quis mostrar na minha redação que temos que prestar mais atenção no trânsito. Não é pensar só na gente, temos que respeitar as normas de trânsito, que vão além de não passar no sinal vermelho, ou atravessar na faixa de pedestre”, contou.

Já João Victor dos Santos, 11 anos, estudante da Escola Municipal Martha Dos Martins Coelho Guilherme que alcançou a primeira colocação na categoria poesia, disse que a prática trouxe conhecimentos que levará para a vida toda. “Me serviu para refletir sobre o assunto. É muito importante que todos tenham atenção. Temos que respeitar as leis de trânsito pelas nossas vidas. É algo que vai ficar com a gente, vamos lembrar”, completou.

O concurso dividiu-se nas categorias desenho, poema e redação. Foram registradas 3.672 inscrições de alunos do 1º ao 9º ano do ensino fundamental, de 178 escolas da Rede de Ensino Municipal e Estadual.

Os primeiros colocados ganharam como premiação um notebook. Os segundos lugares, um tablet e os terceiros, smartphones. Os professores dos trabalhos vencedores de cada categoria receberam a mesma premiação dos alunos orientados.

(Com informações do Portal da Prefeitura de Fortaleza)