Extranet

 

Alunos gremistas do Distrito 1 participam da edição do Papo de Futuro de 2018

 
  
 
A Secretaria Municipal da Educação (SME) realizou, na manhã desta segunda-feira (10/12), na Casa de Vovó Dedé, a quarta edição do “Papo de Futuro” em 2018. O encontro, que acontece desde o ano passado, desta vez reuniu escolas do Distrito de Educação 1 e trouxe alunos gremistas com o propósito de representar as unidades escolares em que estudam.
 
Durante a abertura do evento, os estudantes foram acolhidos pelo coordenador geral da Casa de Vovó Dedé, Jonab Fernandes, que apresentou as atividades culturais e de cunho educativo desenvolvidas pela Instituição. Em seguida, o técnico em Educação da SME, Kerginaldo Freitas, comentou os avanços conquistados pelos alunos após a implementação do grêmio estudanil dentro das escolas.
 
Neste encontro, houve intensa troca de experiências com a participação da secretária da Educação de Fortaleza, Dalila Saldanha, que apresentou as metas desempenhadas pela pasta e fortaleceu os canais entre a gestão e a escola a partir da articulação com os estudantes e com os representantes dos distritos.
 
De acordo com a secretária, é fundamental que a gestão exerça um trabalho democrático próximo das unidades escolares para conseguir intervir na realidade das comunidades. “É muito bonito ver o protagonismo político estudantil e como é importante dar voz para que vocês se sintam representantes. Por isso, é papel dos diretores também valorizar a autonomia de vocês pois, nesse momento tão decisivo de ingresso no IFCE, o trabalho dos diretores de incentivar as potencialidades e estimular o aprendizado faz toda a diferença. Nós, da gestão, sempre buscamos eleger prioridades que favoreçam a aprendizagem dos estudantes. Acredito que iremos contemplar a todos através dessa gestão que questiona, mas que também escuta o que vocês trazem para a gente”, explica.
 
A aluna Annelize Araújo, 15 anos, do 9° ano da Escola Municipal José de Alencar, agradece a oportunidade de estar participando pela primeira vez desse encontro e diz estar animada para contribuir dentro da sua escola de forma positiva com o que for necessário. “Estou me sentindo honrada em poder participar pois antes não tínhamos essa oportunidade de se envolver em ações como essas. Hoje tudo o que quero é mais atenção e momentos motivacionais para que a gente consiga ter uma boa saúde mental para estudar. E eu, como tenho uma boa iniciativa para ajudar os outros, vou conseguir trazer melhorias para a minha escola, seja ouvindo as pessoas e auxiliando na disciplina de português. Tudo o que precisamos é falar e sermos ouvido, pois só assim nossos desejos serão atendidos”, diz.
 
O aluno Caíque Custódio, 14 anos, do 8° ano da Escola Municipal José de Alencar, comenta estar ansioso para se encaminhar para um futuro melhor e acredita que a ação é uma oportunidade fundamental para encontrar melhorias nessa caminhada tão desafiadora. “Estou muito ansioso porque eu sonho com meu futuro e preciso ir além das minhas expectativas. O Papo de Futuro vai me ajudar a levar os problemas da minha escola para que eles sejam resolvidos da melhor maneira possível com a ajuda dos meus diretores e coordenadores. É também um espaço muito importante para meus colegas que estão tentando se encontrar e eu acredito que, com essa oportunidade, conseguiremos ser mais ativos nesses espaços e iremos todos de mãos dadas alcançar um futuro melhor”, explica.

Papo de Futuro
O principal objetivo do “Papo de Futuro” é incentivar a participação política dos estudantes, que estão engajados em projetos de cunho social, político e cultural nas escolas, se preocupando por incentivar a colaboração participativa dos alunos frente ao sistema público de ensino, no sentido de horizontalizar e exercitar esses diálogos que possibilitam o protagonismo juvenil.