Extranet

 

Programa de Prevenção de Acidentes e Primeiros Socorros no Ambiente Escolar é lançado na Rede Municipal

 

A prevenção e o primeiro atendimento de acidentes podem garantir um ambiente mais seguro a todos que estão nas unidades escolares. Por entender isso, a Prefeitura de Fortaleza lançou o Programa de Prevenção de Acidentes e Primeiros Socorros no Ambiente Escolar (PAPS), nesta quinta-feira (06/12), no Auditório Deputado Murilo Aguiar. O PAPS consiste em um trabalho interistitucional envolvendo as secretarias municipais de Educação (SME), Saúde (SMS) e Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog).

No lançamento, foi apresentado também a cartilha do programa, com formato didático para orientar e fortalecer o trabalho dos profissionais. A mesa foi composta pelo secretário adjunto da Educação, Jefferson Maia; a secretária adjunta da Saúde, Ana Estela Fernandes Neide; a coordenadora do gabinete da primeira dama, Márcia Dias; a presidente do grupo de trabalho intersetorial do PAPS, Gerly Ane Nóbrega; o representante do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Gabriel Soares, e o coordenador do Distrito de Educação 5, Joelson Moura.

<<< Confira todas as fotos do lançamento do PAPS no Facebook da SME >>>

 
O PAPS funcionará com 562 comissões, uma em cada unidade escolar da Rede Municipal, para desenvolver estratégias de prevenção e redução de acidentes, além de procedimentos para realização de atendimentos de primeiros socorros. O secretário adjunto Jefferson Maia reforça que o programa é um exemplo do cuidado e zelo que a Rede Municipal tem por todos que estão na unidade escolar. 
 
"O PAPS é uma ação que auxilia no cotidiano da escola. Além da prevenção, forma profissionais para agir de forma correta, caso seja necessário. Além dessa importância, lembramos que nossa gestão quer aproximar as secretarias da Rede para oferecer os melhores resultados e condições de serviços públicos. Parabenizamos a todos os responsáveis pelo planejamento e execução do programa", ressalta Jefferson. 
 
  
No lançamento, foi apresentado também a cartilha do programa
 
Formação
No total, 1.686 profissionais da educação fazem parte das comissões de prevenção de acidentes do PAPS, que contará, também, com capacitação desses educadores, que participarão de formação continuada sobre a temática. Conforme a secretária adjunta da Saúde, Ana Estela Fernandes Neide, a capacitação do programa é única, além das habilidades e treinamentos, traz todo o suporte básico de vida. Ela ressalta também que a ação fortalece o Programa de Saúde nas Escolas (PSE).
 
“Acredito que é um privilégio para os profissionais das comissões participarem das formações do programa. Os cursos têm moldes desenhados exclusivamente para a ação. Não há disponível por aí. A capacitação envolve todo um treinamento sistemático, com abordagem clínica e até odontologia. É um programa espetáculo que, com certeza, servirá de modelo e exemplo para outros lugares do Brasil", acredita.
 
A diretora Lindalva Vital Leite, da Escola Municipal Maria Dolores Petrola de Melo Jorge (Distrito 5), comenta a satisfação por participar do programa como uma das profissionais das comissões. "É uma iniciativa fantástica, nunca vi nada igual. Sinto-me privilegiada de fazer parte do programa e espero reduzir mais ainda os acidentes nas escolas e que, caso ocorra, possamos dar um atendimento correto. Tenho certeza de que a ação vai trazer mais segurança para as unidades", considera.
 
Funcionamento
O papel das comissões nas unidades da Rede envolve promover ações com toda comunidade escolar para preservar a segurança dos estudantes e de todos e discutir ações preventivas. Segundo a coordenadora da Educação Infantil da SME, Simone Calandrine, o programa funciona como parte da política municipal de prevenção e proteção à criança e ao adolescente. "Agradecemos a parceria com as secretarias envolvidas. A educação precisa de união e que andemos juntos. A produção da cartilha, que vai nortear o trabalho, foi árduo. Mas contou com uma equipe que trabalhou intensamente. Obrigada a todos os envolvidos", pontua. 

A formação das comissões do PAPS inicia em fevereiro de 2019 e segue até dezembro. Instituído através da Portaria nº 0924/2018, a iniciativa é uma ação prevista no Plano Municipal da Primeira Infância, Fortaleza 2040 e Programa Saúde na Escola (PSE).