Extranet

USUÁRIO:

Sair

 

Encerramento do Integração em 2018 é marcado por apresentações artísticas, homenagens e agradecimentos

 

Após um ano intenso de atividades e fortalecimento da aprendizagem, a edição 2018 do Projeto Integração foi concluída na manhã desta terça-feira (04/12), no Cuca Mondubim, com a participação de alunos da Rede Municipal de Fortaleza. Estiveram presentes 47 escolas municipais dos 6 Distritos de Educação.  

Em 2018, o Projeto Integração atendeu 1.529 alunos em 14 polos, no contraturno escolar, contemplando 47 escolas da Rede Municipal de Ensino de Fortaleza. A solenidade foi marcada pela calebração das ações realizadas e os resultados alcançados por este projeto, que há quatro anos, através de uma parceria entre instituições tem buscado melhorar desempenhos escolares, fortalecer vínculos sociais, incentivar a participação juvenil e garantir o acesso à cultura e ao esporte.

  

Durante o evento, aconteceram apresentações artísticas e culturais com dança, música, ensaio fotográfico, além de uma intervenção com um grupo de teatro que apresentou uma performance coletiva, com a metodologia do Teatro do Oprimido. 

O secretário adjunto Jefferson Maia participou da cerimônia e ressaltou a evolução do Projeto Integração, que superou as expectativas da SME, ao triplicar o número de estudantes participantes. "Hoje nós atendemos mais de 1.500 alunos em toda a cidade. Nós triplicamos a nossa capacidade de atendimento porque buscamos novos parceiros para incentivar cada vez mais nossos alunos que precisam de ações como essas. Gostaria de agradecer a todos que deram suporte para que tudo acontecesse”, comemora.

Para o secretário, a tendência é de que cada vez mais o Integração seja ampliado e fortalecido. "Espero que cada estudante aqui presente construa e trilhe o caminho do bem, pois é isso que nos motiva enquanto professor e profissional da educação. Por isso, procuramos focar na educação integral e integrada, porque entendemos que a saída para que a juventude tenha uma educação de qualidade é continuar investindo em ações culturais e educativas como essas”, considera.

 

Importância de participar

A aluna Pâmela Lima, 14 anos, do 9° ano da Escola Municipal Marieta Guedes Martins, destacou as contribuições positivas que o Integração, por meio da parceria com a Rede Cuca, trouxe para a sua formação pessoal e escolar. "É uma oportunidade que vários jovens não tem. Achei muito interessante porque aprendi a me comportar e a não ter preconceitos e tive mais oportunidades na área da informática básica. O meu olhar sobre o Cuca mudou muito, hoje me sinto apoiada e acolhida, pois me envolvi bastante nas atividades ofertadas. Estou me sentido alegre por estar aqui nesse dia e espero continuar próximo ano nos cursos que têm aqui dentro e espero que sempre haja mais oportunidades para a juventude”, explica.

Para o aluno do 9° ano da Escola Muncipal Dom Antônio Batista de Fragoso, Mezaque Martins, o momento é uma oportunidade de adquirir cada vez mais experiências. “Foi muito bom o projeto, fiz muitas amizades, me diverti bastante e aprendi a conviver em comunidade, me divertindo e brincando. Me sinto feliz por ter compartilhado momentos de alegria, e triste porque metade dos meus amigos vão sair da escola e eu quero levar todos os valores que eu aprendi para a vida toda, todos os meus amigos e tudo o que eu aprendi”, diz. 

 

Integração

O Projeto Integração é uma iniciativa da Prefeitura de Fortaleza, por meio da parceria entre a Secretaria Municipal da Educação (SME), a Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude, Instituto Cuca, Clubes Sociais, 23º BC (Batalhão de Caçadores) e Faculdade Grande Fortaleza com o objetivo de promover a educação integral e integrada, articulando a educação formal com vivências artísticas, esportivas e sociais.

Durante o ano letivo de 2018, no contraturno escolar, os jovens participaram de atividades diversas, que incluem práticas esportivas, atividades culturais e de cidadania, aulas de reforço e de empreendedorismo. O projeto garantiu ainda três refeições, dois lanches, almoço e transporte escolar, permitindo que os alunos permaneçam o dia todo em atividades escolares.