Extranet

 

[NOVEMBRO GESTOR] Confira a entrevista com a diretora Antoniete Bruno (Distrito 2)

 

As homenagens da Campanha “Novembro Gestor” continuam. Mais uma diretora da Rede Municipal de Ensino destaca a missão de estar à frente da gestão de uma escola, compartilhando os desafios e histórias inesquecíveis. 

A diretora da Escola Municipal Frei Agostinho (Distrito de Educação 2), Maria Antoniete Bruno, é otimista e humana. Se dedica ao que faz com amor, porque acredita que os estudantes da escola pública precisam ser bem cuidados e assistidos. Ingressou na Rede como professora em 2001 e atua como gestora escolar há seis anos.

Confira a entrevista completa:

1. Quais características de sua personalidade melhor te definem hoje?

Sou otimista, paciente e humana. 

3. Como você agrega e traz essas características para o ambiente escolar?

Sempre tento passar para as pessoas que trabalham aqui a visão de que a escola é publica e que devemos fazer o melhor dentro da função que exercemos, seja a de merendeira, secretária ou porteiro. Eu tento passar essa mensagem através de exemplo. E quando percebo que algo está errado, costumo tomar frente para mostrar como deve ser feito e tem dado certo. 

4. O que te motiva como profissional a seguir nesta carreira desafiadora?

Aqui dentro da escola nós temos um relacionamento pessoal e profissional muito bom uns com os outros, desde o núcleo gestor até os demais funcionários. Percebi também que a nossa escola ganhou um excelente reconhecimento, principalmente por parte da comunidade que a gente atende. Além disso, me motiva muito perceber a presença assídua dos pais nas reuniões que organizamos com planejamento e carinho. E eu sempre recebo um retorno muito bom deles, pois reconhecem os avanços e pontos que precisam ser melhorados na aprendizagem das crianças em casa. Quando vejo essas crianças matriculadas na escola, consigo enxergar o tanto de coisas boas que eu posso fazer por elas, em atitudes simples, mas que fazem a diferença.

6. Quais as principais estratégias desenvolvidas por você na gestão escolar?

Quando assumi a escola, passei a observar e analisar o comportamento dos professores em sala de aula com o objetivo de tentar ajudá-los a melhorar o ensino, a fim de que isso refletisse na assimilação dos conteúdos por parte dos alunos. Visto isso, me coloquei à disposição para todos os funcionários. Com observação, disposição, reflexão e diálogo, consegui realizar mudanças e alinhei toda a equipe. 


LEIA +: Confira outras entrevistas da campanha:

[NOVEMBRO GESTOR] Confira a entrevista com a diretora Geovania Freiro (Distrito 1)

[NOVEMBRO GESTOR] Confira a entrevista com a diretora Alice Pinheiro (Distrito 3)

[NOVEMBRO GESTOR} Confira a entrevista com a diretora Maria Ilnair (Distrito 4)

[NOVEMBRO GESTOR] Confira a entrevista com a diretora Sarah Viana (Distrito 5)

[NOVEMBRO GESTOR] Confira a entrevista com a diretora Veranice (Distrito 6)