Extranet

 

Avanços da Educação são apresentados na Conferência Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes de Fortaleza

 

O secretário adjunto da Educação, Jefferson Maia, participou da cerimônia de abertura, na manhã desta terça-feira (06/11), da VII Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Fortaleza, realizado pelo Conselho Municipal de Defesa da Criança e do Adolescente (Comdica).

Com o tema “Proteção Integral: Diversidade e Enfrentamento às violências”, o evento ocorreu no Auditório Deputado Murilo Aguiar, da Assembleia Legislativa do Ceará. Também esteve presente a conselheira suplente na Educação no Comdica, Lara Picanço, atuando na comissão da organização da conferência. A secretária da Educação, Dalila Saldanha, é conselheira titular. 

Durante o encontro, o secretário destacou os avanços da Educação na gestão atual e apresentou, também, alguns indícios que mostram resultados relevantes para a educação, como a entrega de 19 novos Centros de Educação infantil. Outro avanço envolve o número de alunos inseridos na Rede Municipal de Ensino, que, segundo Jefferson, são mais de 215.000 alunos beneficiados.

“Somos defensores permanentes dos direitos da criança e do adolescente. A Prefeitura de Fortaleza tem o papel de garantir que os alunos não abandonem a escola. E nós atuamos em duas frentes: a primeira é possibilitar que jovens sejam beneficiados com uma educação de qualidade, através de um trabalho que repercuta em todos os bairros. A segunda é realizar a busca ativa de crianças e jovens fora da escola para que voltem a participar das atividades do ambiente escolar”, avalia o secretário adjunto.

Na conferência, houve momento de apresentações culturais com o grupo “Cavalheiros do Futuro”, em que os jovens discutiram os seus direitos essenciais através de repertório musical. A ideia dos debates no evento visa estimular e articular os jovens a participarem ativamente da XI Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, que será realizada em 2019, além de engajá-los em projetos sociais de cunho comunitário e cultural.

No encontro, o secretário destacou os avanços da educação na gestão atual 

Seis escolas municipais participam da conferência, são elas: Moura Brasil (Distrito 1), Professor Aldaci Barbosa (Distrito 2), Joaquim Francisco de Sousa Filho (Distrito 3), Diogo Vital (Distrito 4), Ademar Nunes Batista (Disitro 5) e a ETI José Carvalho (Distrito 6).

O aluno do 8° ano Juan Levy, da Escola Municipal Dom Manuel da Silva Gomes (Distrito 4), que compõe o grupo de representantes da sua escola, afirmou que se sente feliz com a ideia de estar participando da conferência e por poder contribuir com as ações propostas do evento. “Sou líder de sala e sempre tento conversar com meus amigos para que eles se envolvam cada vez mais em projetos e atividades culturais", comenta. Para o estudante, é importante investir em projetos sociais voltados para crianças que estão fora da sala de aula.