Extranet

Para ter acesso a Intranet insira seu usuário e senha do e-mail institucional.

USUÁRIO:

Sair

 

SME realiza Seminário Ateliê na Educação Infantil: potencializando a autoria infantil e ressignificando aprendizagens

 
  
 
A Secretaria Municipal da Educação (SME) realiza, nesta sexta-feira (27/04), na Universidade do Parlamento Cearense (Unipace), o Seminário Ateliê na Educação Infantil: potencializando a autoria infantil e ressignificando aprendizagens. O evento tem como objetivo contribuir com as reflexões sobre as prerrogativas da presença do ateliê nas instituições de Educação Infantil e a sua contribuição para o ensino e aprendizagem das crianças e dos professores.
 
O encontro, direcionado a profissionais da Educação Infantil da Rede Municipal de Ensino, inclui na programação apresentações estéticas e relatos de integrantes do Projeto Ateliê na Educação Infantil. No período da tarde, a professora da Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense, Drª Luciana Esmeralda Ostetto ministrará palestra que irá pontuar questões fundamentais sobre o papel do ateliê para o ensino nas instituições.
 
Dentre os exercícios previstos para a realização das atividades do Ateliê, está o desenvolvimento de oficinas que fortaleçam a aprendizagem voltada para as crianças de 0 a 5 anos, por meio de experiências estéticas e concretas em que elas reconheçam os seus direitos de brincar e de criar. “A ideia do Ateliê é um trabalho de grande responsabilidade, pois, é no nosso CEI que as crianças encontram apoio e suporte para terem um futuro melhor. A partir disso, dedicamos esse momento ao fortalecimento e consolidação no atendimento de mais de 7 mil crianças que o Projeto Ateliê integra”, destacou o secretário adjunto da SME, Jeferson Maia.
 
Segundo a professora do Centro de Educação Infantil Airton José Vidal Queiroz, Sandra Mara, o Projeto Ateliê traz enormes contribuições na eficácia do processo de ensino-aprendizagem das crianças, no que se refere à construção de habilidades de expressividade, de protagonismo e de autonomia. “Esse projeto nos ajudou muito enquanto professores a auxiliar as nossas crianças na questão de ressignificar os objetos, as ações cotidianas e a imaginação. No brincar eles desenvolvem essas habilidades previstas na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), usando o Ateliê como norteador de transformar o que já estava pronto”, explicou a gestora.