Extranet

Para ter acesso a Intranet insira seu usuário e senha do e-mail institucional.

USUÁRIO:

Sair

 

Escolas municipais sediam Conferências Livres Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente

 

Seis escolas da Rede Municipal de Ensino estão sediando, durante esta semana, as Conferências Livres Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente em 2018, promovidas pelo Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica). Na manhã desta quarta-feira (18/04), o encontro aconteceu na Escola Municipal Professora Aldaci Barbosa (Distrito 2). As escolas Moura Brasil (Distrito 1), Joaquim Francisco de Sousa Filho (Distrito 3), Diogo Vital de Siqueira (Distrito 4), Ademar Nunes Batista (Distrito 5) e José Carvalho (Distrito 6) também recebem o evento.

Com o tema “Crianças e Adolescentes participando e propondo Política Pública”, a ação promoveu como atividade de integração e formação, a participação de alunos do 9° ano do Ensino Fundamental em exercícios que os possibilite expor suas necessidades para fomentação de políticas públicas de incentivo, a fim de beneficiá-los dentro e fora das escolas em que estudam.

A ideia das reuniões preparatórias visa estimular os jovens a participarem ativamente da XI Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, que será realizada em 2019, além de engajá-los em projetos sociais de cunho comunitário e cultural como forma de possibilitar sua inserção nos debates que norteiam seus direitos, bem como a contribuição aos subtemas relacionados às políticas públicas de incentivo, horizontalizando ideias sobre o direito a educação, a convivência comunitária, a participação dentre outros direitos inerentes ao processo de desenvolvimento pleno da humanização e do caráter dos jovens.

Mônica Sampaio, diretora da escola Aldaci Barbosa, relata que é necessário tomar decisões políticas a partir do olhar sensível e dos desejos desses jovens, para que eles se sintam representados. “O objetivo é levar os jovens para uma reflexão da importância do protagonismo juvenil dentro das escolas. E é a partir dessas conferências que podemos delegar jovens para serem líderes de uma sociedade mais justa e igualitária e isso só é possível através do acesso à educação promovendo momentos como estes”, destacou.

O aluno Caio Robson Monteiro, 17, que participou da roda de conversa proposta pela ação e liderou as discussões em torno da prevenção e erradicação do trabalho infantil, afirmou que se sente representado com a atitude de estar perto dos outros jovens compartilhando diversas ideias. “Fico feliz em estar envolvido nesse projeto, pois dá pra gente a oportunidade de fala, principalmente porque estamos entrando na fase da adolescência e precisamos de espaços”.

Para a aluna Maria Eduarda Soares, 14, líder do grupo que dialoga sobre a prevenção da violência letal, abrir esses diálogos é importante na formação dos jovens. “Nós procuramos fotos e matérias em vários jornais, e descobrimos que o índice de violência que acomete os jovens é crescente, por isso minha equipe está produzindo esses cartazes para alertar todos os alunos”, explicou.

Sobre o Comdica

O Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica) é um órgão controlador das ações em todos os níveis de defesa dos direitos da criança e do adolescente. Composto por um colegiado formado por organizações representativas do poder público e da sociedade civil quanto à problemática da criança e do adolescente, propõe ações de políticas públicas municipais que visem o cumprimento ao art. 227 da Constituição Federal, ao apoio à criança e ao adolescente, no concernente aos seus direitos fundamentais.