Extranet

Para ter acesso a Intranet insira seu usuário e senha do e-mail institucional.

USUÁRIO:

Sair

 

Prefeito Roberto Cláudio inaugura Escola de Tempo Integral Maria Odete da Silva Colares

 
 
O prefeito Roberto Cláudio inaugurou, nesta segunda-feira (05/03), a Escola de Tempo Integral (ETI) Maria Odete da Silva Colares. A unidade, instalada no bairro Messejana, atenderá cerca de 450 alunos do 6º ao 9º ano e fortalecerá a rede de ETIs em Fortaleza, que já conta com 22 equipamentos similares, implantados desde 2013.
 
Instalada em área total de 4.794,77 m², a nova Escola de Tempo Integral conta com 2.863,93 m² de área construída. As atividades didáticas interdisciplinares serão desenvolvidas em 12 salas de aulas temáticas, incluindo os eixos Projeto de Vida e Protagonismo, além de laboratório de Química/Biologia, laboratório de Física/Matemática e dois laboratórios de Informática.
 
A infraestrutura do equipamento é composta, ainda, por biblioteca, cozinha, refeitório, auditório, diretoria, secretaria, coordenação pedagógica e coordenação de área, além de sala do professor diretor de turma, sala dos professores, pátio com projeto paisagístico, ginásio (com quadra poliesportiva coberta, arquibancadas e alambrados), vestiários e depósitos.
 
De acordo com o Prefeito, a política de ensino integral amplia a assistência socioeducacional voltada à população fortalezense. “Em uma cidade ainda apartada e desigual como Fortaleza, equipamentos como este cumprem um duplo papel. O primeiro é o papel social de proteger o jovem, que entrará aqui pela manhã, onde permanecerá até o final da tarde, fará três refeições e será exposto a um mundo de conhecimento e de despertar da curiosidade. E o segundo e mais importante papel será o de educar e de ofertar oportunidades iguais para que o aluno da escola pública de qualidade possa competir com o aluno da escola particular. Nós temos, hoje, os melhores professores da Cidade, gestores selecionados por mérito e alunos que serão expostos a novas oportunidades interdisciplinares de aprendizagem”, informou.
 
Durante a solenidade de inauguração, que contou com a presença de secretários municipais, vereadores, lideranças políticas e comunitárias, os alunos matriculados recepcionaram o Prefeito com apresentações didáticas e culturais. A estudante do 9º ano, Ana Vitória Ferreira Vasconcelos, demonstrou otimismo diante das possibilidades oferecidas em sua nova Escola. “Nossas aulas começaram há cerca de uma semana. Esta é uma Escola maravilhosa, totalmente diferente de todas as que eu já vi. Os banheiros são maravilhosos, a comida, a quadra é maravilhosa. A gente pode fazer muito mais esporte do que a gente podia fazer nas escolas anteriores. Os professores são superqualificados. Nosso processo de aprendizagem, com certeza, será muito melhor”, considerou.
 
Com a ETI Maria Odete da Silva Colares, a Rede Municipal chega a 22 equipamentos similares, que atendem, ao todo, cerca de 8 mil alunos. ”Nossa proposta pedagógica para a Escola de Tempo Integral é pautada por uma rotina disciplinar onde a gente integra práticas e teorias interdisciplinares, que visam à formação integral dos nossos jovens. Estamos trabalhando, cada vez mais, para ampliar essa oferta”, garantiu a titular da Secretaria da Educação de Fortaleza, Dalila Saldanha.
 
De acordo com o Censo Escolar 2017, do Inep, Fortaleza foi a terceira capital do País e a primeira do Nordeste em matrículas de tempo integral, com atendimento a mais de 55 mil alunos. Além das ETIs, dos Centros de Educação Infantil e das creches conveniadas, os estudantes do Município são atendidos por programas de jornada ampliada, como o Integração, Pró-Técnico e Novo Mais Educação. No ano passado, cerca de 30% das matrículas na Rede Municipal eram de tempo integral.
 
Nessa perspectiva, o Prefeito avaliou satisfatoriamente os esforços desprendidos pela Prefeitura de Fortaleza desde 2013. “Antes da nossa primeira gestão, não havia nenhuma Escola de Tempo Integral em Fortaleza. Hoje, no primeiro ano do segundo mandato, a gente já está com 1/3 das matrículas em tempo integral. Nós pretendemos chegar ao final da gestão, em 2020, com, aproximadamente, metade das matriculadas da Prefeitura em tempo integral. E vamos deixar um legado irreversível, que os outros Prefeitos deverão continuar”, reforçou.
 
(Com informações do portal da Prefeitura de Fortaleza)