Extranet

Para ter acesso a Intranet insira seu usuário e senha do e-mail institucional.

USUÁRIO:

Sair

 

Prefeito Roberto Cláudio aponta projetos prioritários para 2018 durante abertura dos trabalhos na Câmara Municipal

 

Câmara

O prefeito Roberto Cláudio participou, nesta quinta-feira (01/02), da reabertura dos trabalhos na Câmara Municipal de Fortaleza. Acompanhado da primeira-dama de Fortaleza, Carol Bezerra, e dos Secretários Municipais, o gestor apresentou o balanço dos trabalhos realizados em 2017 e a apontou os projetos prioritários para 2018. O Gestor também citou importantes matérias que seguem para tramitação na Câmara Municipal e lançou o projeto Você Faz Fortaleza, uma plataforma para ouvir a opinião dos fortalezenses sobre projetos de infraestrutura.

Confira aqui o balanço de 2017 e os projetos prioritários para 2018

De acordo com o Prefeito, uma das matérias que começarão a tramitar é o Código da Cidade, que integra o Plano Diretor e substitui o Código de Obras e Posturas do Município, que existe desde 1981. A votação está prevista para março. De acordo com Roberto Cláudio, um novo debate será agendado para que os vereadores tirem as dúvidas e entendam melhor as mudanças que o novo conceito irá trazer à Cidade. "Queremos implantar conceitos que já estão sendo usados no mundo todo, como o uso de teto verde na construção civil, reúso da água e o uso inteligente de recursos renováveis", detalhou o gestor.

Outras matérias importantes em tramitação são a criação do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano (CMDU) e a lei que autoriza o Município de Fortaleza a remover veículos abandonados na Cidade. "Queremos, através da AMC, ter a legitimidade de remover estes veículos que além de acumular sujeira, nessa época de chuva serve de criadouros para o mosquito Aedes aegypti", destacou o Prefeito.

Conquistas 2017
Durante seu pronunciamento, Roberto Cláudio apresentou um balanço das principais conquistas de 2017. Uma delas foi a modificação de compra, logística e manutenção do estoque dos 84 medicamentos da atenção primária, obrigatórios pelo Sistema Único de Saúde. Sete centrais de medicamentos foram inauguradas, uma em cada terminal da Cidade, facilitando o acesso dos moradores aos remédios receitados nos postos de saúde da Capital. "A nossa média de estoque hoje nos postos de saúde é de 90%. Mas caso o medicamento falte, o cidadão pode retirar seus remédios em qualquer uma das sete centrais instaladas nos terminais. Isso resolve, de vez, um dos grandes gargalos da nossa Cidade", afirmou o Prefeito.

Outra ação que modificou o cenário de Fortaleza foi a melhoria do cenário na educação conquistada pela pasta da educação. A Capital saiu da última colocada no ranking da educação para a primeira do Norte Nordeste em alfabetização na idade certa. Para citar alguns números, Fortaleza é a cidade do Brasil, em números absolutos, que mais abriu vagas em creches; 30% das matriculas são realizadas em tempo integral e 12 Centros de Educação Infantil foram abertos na Capital. Atualmente, o Município reforma 27 escolas. "Investir em educação infantil é a única maneira de transformar a consciência e promover a paz no futuro. Só com esses investimentos, podemos mudar o cenário de desigualdade e violência na nossa cidade", destacou Roberto Cláudio.

Ações prioritárias para 2018
Já com relação às ações prioritárias para 2018, Roberto Cláudio citou a entrega do IJF2 e das reformas e ampliações dos Frotinhas, Gonzaguinhas e Hospital Nossa Senhora da Conceição. Além disso, duas policlínicas, dois Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) e dois Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) ficarão prontos. A Central @valie de ouvidoria será ampliada para outros equipamentos da Saúde e outros 13 Centros Especializados de Atenção ao Diabético e Hipertenso serão distribuídos nas seis regionais da Cidade.

Para o ano de 2018, a Rede Municipal de Ensino abriu 5 mil vagas a mais que em 2017 no ensino infantil. Ainda no primeiro semestre, serão entregues dez novos Centros de Educação Infantil, três novas Escolas em Tempo Integral e, em 2019, a rede municipal de ensino deve conquistar a universalização do acesso a pré-escola na Capital.

Na área da mobilidade, em 2018, serão entregues novos corredores de ônibus, como o da Avenida Aguanambi, um túnel e seis binários. Há ainda a entrega total do Novo Terminal de Messejana, que já tem linhas operando, e a requalificação da BR-116, incluindo o viaduto do Makro, além do alargamento da Avenida Sargento Hermínio.

Revitalização do Centro
Em 2018, será entregue um pacote de ações como a nova Praça José de Alencar, novo Teatro São José, reforma da Praça Cristo Redentor, requalificação do entorno do Mercado dos Pinhões, que se tornará um centro de ocupação gastronômica criativa. Compartilhou, ainda, ações como novas áreas de Zona Azul e estímulo a operações urbanas para o desenvolvimento econômico e habitacional da região.

Plano de Proteção Urbana
Cinco células de proteção comunitária estão previstas para 2018. O Programa Inovador na área de segurança urbana (com base nas melhores iniciativas mundiais) vai definir territorialidade restrita (proteção de proximidade), e abranger conceitos de prevenção primária, como Urbanização, Lazer e Iluminação. Além disso, será feita a efetivação de mais 500 guardas municipais, com a prorrogação do concurso por mais dois anos, a partir de deste mês.

O Plano de Proteção Urbana atua na prevenção secundária com iniciativas culturais, educativas e esportivas, assim como ações na área social, na geração de emprego e renda. Na prevenção terciária, o Plano atua através de vigilância eletrônica e ações de patrulhamento, envolvendo também a vigilância comunitária, que através de um aplicativo une a população aos esforços da guarda e da polícia.

Outros projetos que serão iniciados neste ano são a requalificação de 54 praças, 15 Areninhas e 20 Mini Areninhas, 30 brinquedopraças, urbanização das lagoas da Maraponga, Parangaba, Itaperoaba e São Cristóvão; construção de três novos Cucas nos bairros Pici, José Walter e Vicente Pinzón e entrega de 20 mil processos de regularização fundiária (papel da casa). "Muito nos honra ver tantos projetos e resultados que geram oportunidades sociais, empregos e renda para nossa população. É preciso reconhecer o que é bem elaborado e executado como política pública para os moradores da Cidade", afirmou o presidente da Câmara Municipal, Salmito Filho.

Totens

Você Faz Fortaleza

Durante a abertura dos trabalhos no Legislativo Municipal, o prefeito Roberto Cláudio lançou, em parceria com a Universidade de Fortaleza (Unifor), o projeto Você Faz Fortaleza, que vai coletar a opinião dos fortalezenses sobre projetos de infraestrutura para a Capital.

O projeto vai disponibilizar 40 totens (urnas de consulta popular) em diversos pontos da Cidade, desenvolvidos pelo Laboratório de Pesquisa e Inovação em Cidades (Lapin) da Unifor, vão apresentar à população áreas de Fortaleza que poderão sofrer intervenções a partir de projetos da gestão municipal. A votação acontecerá até o dia 28 de fevereiro e o projeto que for o mais votado será executado pela Prefeitura Fortaleza até 2020.

Nesta primeira consulta, a população vai poder escolher entre intervenções para o Lago Jacarey, para a Lagoa de Porangabussu, a Praça e o Mercado do Carlito Pamplona, para o Zoológico Sargento Prata, Horto e Lagoa do Passaré, Cidade da Criança e Praça Coração de Jesus, Praça e Mercado da Messejana, Parque da Sabiaguaba, Barra do Ceará e Parque Lagoa da Viúva. "Isso não significa que os outros projetos não serão realizados. Estamos apenas dando empoderamento aos moradores para que eles participem ativamente da construção de uma cidade melhor para todos nós", destacou Roberto Cláudio.