Extranet

Para ter acesso a Intranet insira seu usuário e senha do e-mail institucional.

USUÁRIO:

Sair

 

Alunos da rede municipal participam do Ceará Científico pela categoria Pesquisa Júnior - Ensino Fundamental

 

 

Alunos da rede municipal de ensino participam do Ceará Científico, que acontece desde a última quarta-feira (15/12), no espaço Jangada do Shopping Iguatemi. O evento, organizado pelo Governo do Estado do Ceará, que incentiva a produção de pesquisa no ambiente escolar, reúne alunos de todo o estado e premiará trabalhos científicos em oito categorias.

Ao todo, 185 trabalhos estão expostos. As duas equipes da Rede Municipal de Ensino de Fortaleza estão concorrendo na categoria Pesquisa Júnior – Ensino Fundamental com outros 21 trabalhos. Destes, serão premiados com troféu e medalhas de ouro os 1º lugar, medalhas de prata o 2º lugar e medalhas de bronze o 3º lugar.

Doze trabalhos de escolas municipais participaram da fase regional do Ceará Científico, em que os alunos de escolas públicas estaduais e municipais de Fortaleza concorriam a vagas no evento que acontece esta semana. Nesta fase atual, estão reunidos os trabalhos mais bem avaliados de cada região do Estado, em diversas áreas do conhecimento.

A Rede Municipal de Ensino está representada pelas alunas Jamile Xavier e Juliane Paulino e a pela professora Karla Pereira, da Escola Municipal de Tempo Integral Nossa Senhora de Fátima, que apresentaram o processo de planejamento, montagem e aplicação de modelos didáticos de estruturas microscópicas em 3D; e pelos alunos Guilherme Queirós e Vinícius Mendonça e o professor Jackson Peixoto, da Escola Municipal de Tempo Integral Diogo Vital de Siqueira, que apresentaram o trabalho "Marte: nossa nova morada".

 

“Já me senti muito prestigiada de estar aqui e mostrar o projeto pras pessoas conhecerem. Pois um dos nossos objetivos é levar nosso trabalho até outros alunos e escolas, para ajudar também pessoas cegas no tato de estruturas que só vemos pelo microscópio ou por meio de figuras”,  explica a aluna Jamile Xavier.

Estímulo 

Além desse trabalho de valorização e visibilidade, a Seduc desenvolve e apoia diversas ações em educação científica, o que propicia a participação de alunos e professores em projetos e pesquisas no dia a dia da escola e em eventos como feiras, mostras e olimpíadas dentro e fora do estado. “O governo do Estado do Ceará é o único da federação que tem uma legislação específica para financiar a participação de estudantes em eventos no mundo inteiro que fomentem o interesse à pesquisa e deem visibilidade ao Estado”, explicou o coordenador do Ceará Científico, Daniel Rocha.