Extranet

Para ter acesso a Intranet insira seu usuário e senha do e-mail institucional.

USUÁRIO:

Sair

 

Secretária Dalila recebe homenagem em sessão de comemoração do Peteca na Assembleia Legislativa

 
 
A secretária da Educação de Fortaleza, Dalila Saldanha, recebeu homenagem, na tarde desta terça-feira (10/10), do Programa de Educação Contra a Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Peteca), durante sessão na Assembleia Legislativa. A solenidade homenageava os 9 anos de atuação do programa, desenvolvido pelo Ministério Público do Trabalho (MPT/CE).

A sessão solene foi um requerimento da deputada Rachel Marques (PT). Durante o evento, foram contempladas com placas comemorativas personalidades que têm desempenhado importante trabalho na erradicação do trabalho da criança e do adolescente. A secretária Dalila Saldanha foi uma das homenageadas.

A titular da SME destacou o empenho das escolas municipais de Fortaleza em atividades do programa. "Temos 134 escolas participantes do programa, das quais 15 receberam placa de reconhecimento nesta solenidade. Aproveito para reafirmar nosso compromisso em continuar desempenhando esforços para a atuação nessa causa", afirmou.

Peteca
O Programa de Educação Contra a Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Peteca) é desenvolvido pelo Ministério Público do Trabalho (MPT/CE) e visa conscientizar a sociedade ‒ por meio de um conjunto de ações voltadas para a promoção de debates nas escolas de ensino fundamental e médio ‒ para os temas relativos aos direitos da criança e do adolescente, como a erradicação do trabalho infantil.

O procurador-chefe substituto do Ministério Público do Trabalho no Ceará (MPT/CE), Antônio de Oliveira Lima, relembrou a trajetória do Peteca nesses nove anos de trabalhos realizados para a erradicação do trabalho infantil no Estado. Segundo ele, “precisamos nos conscientizar sobre o prejuízo que o trabalho infantil proporciona na vida das crianças e dos adolescentes”.

Antônio de Oliveira chamou a atenção também para um projeto que teve início ano passado e que visa à promoção dos direitos da criança e do adolescente na erradicação do trabalho infantil no País a partir da comunicação: a Rede Peteca – Chega de Trabalho Infantil. Pare ele, “uma criança não pertence apenas a sua família. Ela é de responsabilidade também da sociedade e do Poder Público, por isso, nada justifica uma criança estar fora da escola”, acrescentou. (com informações da Agência de Notícias da Assembleia Legislativa)