Extranet

Para ter acesso a Intranet insira seu usuário e senha do e-mail institucional.

USUÁRIO:

Sair

 

Alunos da EM Alaide Augusto de Oliveira participam do projeto "Hora do Código" em parceria com UFC

 

Ensinar raciocínio lógico e matemático através da linguagem computacional é o objetivo da atividade "Hora do Código", iniciativa que segue até sexta-feira (06/10) na Escola Municipal Alaide Augusto de Oliveira, no Parque Santa Rosa, em Fortaleza. 

A realização, que teve início na segunda-feira (02/10), é do Programa de Educação Tutorial do Curso de Computação (PET Computação) da Universidade Federal do Ceará e contempla 420 alunos do primeiro ao quinto ano do ensino fundamental. A "Hora do Código" acontece em parceria com a Prefeitura de Fortaleza, que disponibilizou 20 notebooks para os alunos, além de uma lousa digital para uso comum.

No projeto é usada a plataforma Code.org para o ensino de computação aos alunos, de forma lúdica e acessível. No total, 17 graduandos da UFC, dos cursos de Ciência da Computação, Engenharia da Computação e Sistemas e Mídias Digitais, atuam nas orientações sobre Programação com as crianças, que recebem desafios de acordo com sua idade e nível educacional. Os participantes são orientados por cerca de uma hora, divididos em turmas de 20 alunos, nos horários manhã e tarde.

O professor Cleudson Santos, da EM Alaide Augusto de Oliveira, ressalta que "a lógica de programação é uma das competências do século XXI, ela está associada à matemática e à resolução de problemas que correlaciona a todas as áreas de conhecimento. Plantar a semente é essencial e isso está ocorrendo com todas os alunos do 1º ao 5º ano, correspondendo a aproximadamente 400 alunos. Um presente do Dia das Crianças, um presente para aqueles que são o futuro do nosso país!", afirmou.

Como explica Matheus Magalhães, integrante do PET de Computação, essa é a segunda edição da "Hora de Código" na escola. A ideia é analisar a atividade-piloto para que, no futuro, seja base para um projeto de extensão envolvendo educação infantil e Computação. Ainda segundo Matheus, a receptividade dos alunos para com as atividades do projeto tem sido positiva. "Os alunos adoram, é um momento totalmente diferente da sala de aula, pois ajuda a construir o conhecimento aliando isso ao lazer, levando alguns conceitos de Programação através de jogos", afirma.  

A Hora do Código

Com apoio de multinacionais na área de tecnologia, a "Hora do Código" foi criada para desmistificar a Programação e mostrar que qualquer pessoa pode aprender os fundamentos básicos e ampliar a participação na área dessa ciência. Ocorre em mais de 180 países e é apoiada por 400 parceiros e 200 mil educadores no mundo todo.

No site da iniciativa estão registrados mais de 5 mil eventos da "Hora do Código" ao redor do mundo, sendo 31 deles no Brasil e um no Ceará. (com informações da UFC)