Extranet

Para ter acesso a Intranet insira seu usuário e senha do e-mail institucional.

USUÁRIO:

Sair

 

Primeira edição do "Papo de Futuro" reúne grêmios estudantis de escolas do distrito 6

 

A primeira edição do "Papo de Futuro", uma roda de conversa entre alunos dos grêmios estudantis das escolas municipais de Fortaleza e a secretária da Educação, Dalila Saldanha, ocorreu na manhã desta segunda-feira (21/08), na Casa José de Alencar, a fim de incentivar a participação política dos estudantes como protagonistas.

A ação contou com a participação dos alunos dos grêmios estudantis de cinco escolas pertencentes ao Distrito de Educação 6: Demócrito Rocha, Terezinha Ferreira Parente, Antônio Girão Barroso, José Carvalho e Maria Antonézia Meireles.

Segundo a secretária, o momento propicia, além do diálogo próximo, a possibilidade de utilizar esse espaço como ferramenta de construção para uma gestão cada vez mais eficiente.

"O protagonismo que eles estão exercendo nos deixa muito felizes, pois presenciamos que o que a gente vem trabalhando na escola já favorece esse espaço. O objetivo é criar nos nossos jovens uma motivação para que eles desenvolvam o seu espírito de liderança, político e participativo dentro da escola", reforçou Dalila.

É o que confirma a estudante do 9º ano da Escola de Tempo Integral Professor Antônio Girão Barroso, Vitória de Oliveira. "Eu nunca tive oportunidade de estar tão próxima aos profissionais da Secretaria da Educação, e isso é algo que nos faz sentir ouvidos", opinou. A estudante é diretora de Assuntos Estudantis em seu grêmio.

O aluno do 8º ano da EM Demócrito Rocha, Gabriel Marcos Ribeiro, também saiu com boas prerrogativas sobre o encontro. "Hoje me sinto ainda mais responsável enquanto estudante, por ter consciência das minhas atribuições na escola enquanto representante", afirmou.

O "Papo de Futuro" fará parte da agenda permanente da secretaria, que dialogará com todos os estudantes gremistas das escolas pertencentes aos seis Distritos de Educação de Fortaleza, para proporcionar uma maior aproximação e diálogo com o sistema público de ensino. Como meta, a SME pretende melhor atender às expectativas e anseios dos estudantes da rede pública municipal.