Extranet

Para ter acesso a Intranet insira seu usuário e senha do e-mail institucional.

USUÁRIO:

Sair

 

Lista de notícias


Sexta, 23 Junho 2017 17:54

Fortaleza tem primeira escola municipal contemplada com Prêmio Escola Nota Dez



 
 
Uma escola da Rede Municipal de Ensino de Fortaleza conquistou, pela primeira vez, o Prêmio Escola Nota Dez do Governo do Estado. A unidade premiada é a Escola Municipal Professor José Sobreira de Amorim, no bairro Henrique Jorge (Distrito de Educação 3). O anúncio ocorreu na manhã desta quinta-feira (22/06) pelo governador Camilo Santana, durante solenidade no Centro de Eventos. 

A premiação tem como base os resultados das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, ao final do 5º ano do ensino fundamental, a partir do Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica (Spaece). Esta é a primeira vez que a capital cearense tem uma unidade escolar premiada como uma das melhores do estado do Ceará. 

O município de Fortaleza, pelo segundo ano seguido, alcançou resultado desejável em alfabetização das crianças ao final do 2º ano do ensino fundamental e também foi premiado. Em 2016, o município atingiu índice de proficiência de 181,4. Esse índice era de 131,4 em 2012.
 
Outro avanço obtido por Fortaleza neste ano é que nenhuma escola municipal avaliada pelo Spaece-Alfa (2º ano) ficou entre as unidades apoiadas. 
 
Na avaliação da secretária da Educação de Fortaleza, Dalila Saldanha, a premiação da escola e a melhoria dos indicadores da Rede Municipal de Ensino são resultado de ações e projetos desenvolvidos para o fortalecimento da aprendizagem dos alunos, gestão e ação pedagógica, além da valorização dos professores. “O nosso objetivo é de continuar nos empenhando ainda mais com esse foco, para que outras escolas também sejam reconhecidas. Estamos no caminho certo”, afirmou a gestora.
 
Reconhecimento
Para a diretora da Escola Municipal Professor José Sobreira de Amorim, Mônica Barros, foram determinantes para a premiação ações como o acompanhamento sistemático de frequência; simulados semanais para identificar as dificuldades dos alunos; trabalhos em equipe para que os estudantes com maiores habilidades ajudem os que estão com impedimentos; além das atividades de incentivo à leitura. 
 
“Quando fomos comunicadas de que seríamos premiadas, ficamos felicíssimas e choramos - de alegria - pelo reconhecimento do nosso esforço. É um trabalho muito árduo. Esse prêmio é um marco para as outras escolas de Fortaleza, que, com certeza, seguem uma excelente linha de trabalho. Hoje a gente vê que o resultado está crescendo. Eu acredito que o fato de a Sobreira de Amorim receber esse prêmio é uma abertura para muitas escolas, que se empenharão cada vez mais e estarão aqui no próximo prêmio com certeza”, destacou.
 
A gestora também enfatizou a importância da parceria com a família. “A gente está sempre entrando em contato, solicitando ajuda, mostrando como eles podem estar incentivando e ajudando seus filhos em casa através de oficinas. Vamos continuar empenhados, pois o nosso objetivo é realmente desempenhar uma educação de qualidade para os nossos alunos, com compromisso e muita seriedade”. 
 
Conquistas
Os avanços da educação pública do município de Fortaleza estão repercutindo a partir do trabalho realizado ao longo dos últimos quatro anos, com ênfase na valorização do magistério e formação dos professores, incluindo a implantação de um terço da carga-horária para todo planejamento dos professores e também a realização de dois concursos públicos para 400 vagas para assistente da educação infantil e 1.679 vagas para professores pedagogos e especialistas. 
 
Outros pilares estratégicos são o fortalecimento da gestão - desde 2013, todos os diretores de escolas e coordenadores pedagógicos que assumem estes cargos foram submetidos a uma seleção pública, e não mais por indicação política -, e os investimentos em infraestrutura. 
 
Outra estratégia é o fortalecimento das políticas de aprendizagem em tempo integral. A rede municipal de ensino de Fortaleza conta com 21 Escolas de Tempo Integral, que atendem mais de 7 mil alunos. Antes de 2013, não havia nenhuma. A Educação em Tempo Integral também está contemplada por meio do projeto Integração, que inclui o Pró-Técnico e a parceria com a Rede Cuca, o 23º Batalhão de Caçadores, os Clubes Sociais, totalizando mais de 64 mil alunos, o que representa mais de 30,4% de toda a rede municipal.

 

 
 

 

 
Sexta, 23 Junho 2017 17:13

Representantes da SME participam do 1º Fórum de Economia e Políticas Locais


 

Representantes da SME participaram do 1º Fórum Fortaleza de Economia e Políticas Locais, na manhã desta sexta-feira (23/06), promovido pela Prefeitura de Fortaleza. A secretária Dalila Saldanha, gestores e técnicos da SME, coordenadores de distritos, professores e diretores acompanharam a palestra "Um novo projeto nacional de desenvolvimento" do professor e ex-ministro Roberto Mangabeira Unger, com o prefeito Roberto Cláudio e o ex-ministro Ciro Gomes, entre outras autoridades.

No fórum, a inovação da educação de Fortaleza foi apresentada na exposição “Fortaleza: avanços da gestão”, em um painel que apresentou a experiência das escolas de tempo integral. A capital cearense, atualmente, conta com 21 ETIs - antes da gestão Roberto Cláudio, não possuía nenhuma, e foi a primeira capital brasileira a receber um laboratório do Google for Education.

Gestão pública
O 1º Fórum de Economia e Políticas Locais foi realizado no auditório da Universidade do Parlamento Cearense (Unipace), na Assembleia Legislativa. O evento foi uma oportunidade para especialistas e administradores do Município debaterem os avanços e os desafios da gestão pública. O fórum também contou com a exposição “Fortaleza: avanços da gestão”.
 

Roberto Cláudio destacou a importância de o Município realizar ações em diversas áreas para dar qualidade de vida e oportunidade a todos. “Fizemos algumas iniciativas que têm merecido o apoio e o reconhecimento da população. Na educação, o investimento mais sustentável é ofertar mais vagas nas creches e escolas, implantar o tempo integral para os jovens e, principalmente, qualificar os resultados através dos índices de avaliação. Este é o caminho mais certo para reverter a desigualdade e dar oportunidades a uma cidade como Fortaleza”, explicou o prefeito.

Além disso, Roberto Cláudio inovou no setor de micro e pequeno negócio, para estimular novos arranjos produtivos, desburocratizar a formalização e capacitar. “É um conjunto diverso de iniciativas para estruturar, dar mais qualidade de vida e preparar a cidade para o investimento”, pontuou Roberto Cláudio.

A palestra “Um novo projeto nacional de desenvolvimento” foi apresentada por Mangabeira Unger. De acordo com ele, a democratização exige mais do que dinheiro, precisa de inovação institucional. “Só a educação vai mudar e fazer o País seguir em frente. Precisamos construir um novo modelo de desenvolvimento baseado na democratização das oportunidades e capacitações. Não basta democratizar o consumo, mas sim a produção, o produtivismo e a capacitação. O Brasil tem que construir uma alternativa a partir da base municipal e Fortaleza está ajudando a abrir este caminho”, pontuou Mangabeira.

Já o ex-ministro Ciro Gomes afirmou que o Município está crescendo por conta das prioridades da atual gestão. “Fortaleza está experimentando um método novo e isso é criticamente importante na hora em que a política brasileira está colapsada. Fortaleza vive o momento em que mais investiu, na sua historia, nas áreas que o povo mais precisa: saúde e educação”, disse.

 

 

 
 
 

 

 
Sexta, 23 Junho 2017 15:39

Alunos da ETI Nossa Senhora de Fátima são medalhistas em Desafio de Matemática

 
Os alunos da Escola de Tempo Integral Nossa Senhora de Fátima, Michell Adryan Oliveira, de 12 anos, e Cawan Keven Gomes, de 13, foram medalhistas no Desafio Ninja de Matemática - Mangahigh, um campeonato de nível internacional cujo objetivo é levar aos alunos de escolas brasileiras uma tecnologia educacional adaptativa para o ensino-aprendizagem da matemática no âmbito da competição.

Michell e Cawan concorreram com estudantes de escolas de todo o país e receberam as medalhas de prata e bronze, respectivamente, com classificação nas categorias 6° e 7° ano, sendo os únicos alunos da rede pública premiados em Fortaleza.

A competição, realizada online, é promovida pela empresa britânica Mangahigh, que desenvolve tecnologias adaptativas para ensino e aprendizagem da matemática por meio de games.

Os estudantes conheceram o jogo por meio de uma disciplina eletiva da escola.  Ao todo, 38 alunos de uma mesma turma se inscreveram. No período de 26 de maio a 9 de junho, competiram entre si, pontuando quando completavam games e atividades matemáticas. A somatória de pontos feita por cada aluno, na plataforma on-line, foi contabilizada para a unidade escolar e os que mais se destacaram, em pontuação individual, venceram. 

O resultado é fruto de trabalho desenvolvido na disciplina eletiva conduzida pelos professores Célio Sousa e Wellizene Silva. 
 
Para Cawan, que projeta trabalhar com tecnologia, a medalha representa um passo importante para o futuro. "Fiquei muito feliz com o resultado e ainda mais empolgado para trabalhar como designer de games, que sempre foi o meu sonho", comemorou. 
 
Os medalhistas avaliam que o gosto pela matemática foi fundamental para os resultados obtidos. "Me surpreendi, nunca achei que fosse me classificar em uma competição nacional, mas quando soube que envolvia matemática, eu já amei, porque só tenho nota boa nessa matéria", disse Michel, empolgado com o bronze garantido.

 

 
Quinta, 22 Junho 2017 18:24

SME informa sobre repasse da primeira parcela dos recursos do PMDE

A Secretaria Municipal da Educação (SME) informa que fará o repasse dos recursos financeiros da primeira parcela do Programa Municipal de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino (PMDE) 2017 a partir do dia 5 de julho.

Para que as escolas possam receber o referido recurso, deverão:

1. Constituir a Unidade Executora dos Recursos Financeiros (UERF);

2. Constituir conta bancária, em estabelecimento oficial, específica para a movimentação do repasse;

3. Elaborar o Plano de Aplicação Financeira (PAR); e

4. Ter realizado a prestação de contas dos repasses do PMDE recebidos em anos anteriores.

 

 
Quinta, 22 Junho 2017 15:49

Prefeitura de Fortaleza inaugura Centro de Educação Infantil no bairro Antônio Bezerra

A Prefeitura de Fortaleza inaugura, nesta sexta-feira (23/06), às 16h, o Centro de Educação Infantil Altamir Fernandes Correa Leite, no bairro Antônio Bezerra (Regional 3). A nova unidade contemplará até 90 crianças de 1 a 5 anos de idade.

O prédio foi cedido à Prefeitura de Fortaleza pela Associação dos Moradores Brasil pra Frente. O novo equipamento passou por uma completa reforma, com investimento total de R$ 703.360,80, oriundos do município.

A creche possui área construída de 179,68 metros quadrados e dispõe de cinco salas de aula, refeitório, duas despesas, depósito, cozinha, sala dos professores, coordenação, hall de entrada, dois banheiros infantis e dois banheiros adulto.

Com a inauguração do CEI Altamir Fernandes Correa Leite, entre equipamentos construídos, reformados, municipalizados e conveniados, a Prefeitura de Fortaleza chega a 92 unidades de Educação Infantil entregues à população fortalezense.

Serviço

Inauguração do Centro de Educação Altamir Fernandes Correa Leite (Creche Comunidade do Buraco da Gia)

Data: Sexta-feira (23/06)

Horário: 16h

Local: Rua Kênia, nº 50, Antônio Bezerra (Atrás da Cione)

 

 

 
Quinta, 22 Junho 2017 11:59

Prefeito Roberto Cláudio e secretária da Educação, Dalila Saldanha, visitam Seara da Ciência

O prefeito Roberto Cláudio visitou a Seara da Ciência, equipamento de divulgação científica e de tecnológica da Universidade Federal do Ceará (UFC), nesta quarta-feira (21/06). O professor Marcos Vale, diretor da Seara, a titular da Secretaria Municipal de Educação, Dalila Saldanha, o coordenador da Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova), Cláudio Ricardo, a secretária Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), Agueda Muniz, e o reitor da UFC, Henry Campos, também estiveram presentes.
 
A Seara da Ciência tem atividades e oficinas didáticas gratuitas e é voltada aos professores de escolas públicas, ensino fundamental e médio, de qualquer área da ciência, conforme destacou Marcos Vale. O espaço é o único museu de ciências de Fortaleza e conta com quase 50 atividades de experimentos.
 
Enquanto conhecia o equipamento, Roberto Cláudio participou das atividades de experimentos da ciência e firmou interesse em fazer parceria. “Este é um espaço interativo, que dá cursos de ciências, faz experimentos e recebe jovens. A nossa ideia é fazer quatro parcerias. No Parque Rachel de Queiroz, que conta com o campus da UFC, vamos montar um sistema planetário. A Citinova e a SME vão ofertar e dar treinamentos científicos de capacitação em ciências em geral para os nossos jovens de escola em tempo integral; vamos tentar levar o teatro cientifico para a ocupação nas praças e realizar a final das nossas Olimpíadas de ciências na Seara”, destacou o Prefeito.
 
 

 

 
Quarta, 21 Junho 2017 19:18

Fortaleza apresenta experiências da Rede Municipal de Ensino no seminário dos 10 anos do Paic

A Secretaria Municipal da Educação (SME) apresentou, nesta quinta-feira (21/06), no Centro de Eventos, as experiências de Fortaleza que impactaram a cultura de aprendizagem da Rede Municipal de Ensino. A apresentação foi realizada pela coordenadora de Gestão Escolar da SME, Lucidalva Bacelar, durante o seminário “Um regime de colaboração com foco na aprendizagem – Mais Paic”, promovido pela Secretaria da Educação do Estado do Ceará (Seduc), em comemoração aos 10 anos de criação do Programa de Alfabetização na Idade Certa (Paic)
 
Entre as experiências apresentadas, foram compartilhadas informações como as estratégias implementadas na gestão do prefeito Roberto Cláudio; o diagnóstico da Rede; a valorização do magistério; os indicadores educacionais; os resultados do Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Ceará (Spaece) e Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), além das metas para o período 2017-2020.
 
Durante a apresentação, a coordenadora da SME destacou a oportunidade de compartilhar o trabalho desenvolvido em Fortaleza e trocar ideias com outras cidades sobre as iniciativas e práticas fortalecidas na Rede Municipal. “Ainda temos muito que caminhar e trabalhar, mas continuamos conquistando avanços nos nossos resultados, a partir desse esforço coletivo”, valorizou Lucidalva.
 
Na ocasião, os municípios de Sobral, Jijoca de Jericoacoara, Ararendá e Cariré também exibiram suas experiências e resultados. O evento faz parte da semana de comemoração pelos 10 anos do Programa de Aprendizagem na Idade Certa (Mais Paic), que continua nesta quinta-feira (22/06), com a solenidade de premiação do Prêmio Escola Nota Dez.
 
 
 
 

 

 
Quarta, 21 Junho 2017 16:26

Escola João Saraiva Leão promove pesquisa de campo com alunos à comunidade para alertar sobre arboviroses

Os alunos do 7º ano da Escola Municipal João Saraiva Leão, no bairro Guajerú, estão articulando e promovendo ações de combate às arboviroses, em um projeto que envolve também pais, professores e a comunidade. Uma das iniciativas já executadas foi uma pesquisa de campo neste mês de junho, com visita à comunidade. Durante o trabalho, os alunos, sob orientação dos professores, visitaram as casas vizinhas à escola e conversaram com moradores sobre as doenças provocadas pelo mosquito Aedes aegypti.

A atividade, que envolveu cerca de 40 estudantes, integra o projeto desenvolvido na escola e inscrito no Selo Escola Amiga da Saúde: Todos contra o Aedes, promovido pela Secretaria Municipal da Educação (SME).

O professor de história Sandro Almeida explica que a primeira etapa teve início com uma palestra e fórum comunitário com pais e professores para conscientizar e mobilizar a comunidade escolar no combate ao vetor Aedes aegypti. Em seguida, os educadores orientaram os alunos sobre o desenvolvimento das atividades.

"Na pesquisa de campo, os alunos fizeram uma estatística sobre como a comunidade está sendo afetada pelas arboviroses, principalmente pela chikungunya, até para eles compreenderem o processo e o impacto na comunidade. A comunidade também recebeu essa atenção de maneira calorosa", reforçou o professor.

Outra ação que está sendo articulada é a confecção de materiais de divulgação, durante as aulas de arte, com a criação de uma marca que deverá ser pintada na parede da escola. 

Além disso, o projeto prevê também uma oficina de repelente natural e distribuição para a comunidade, produção de material de divulgação e exposição de resultados. O objetivo é a conscientização e mobilização da comunidade escolar no combate ao mosquito. A atividade terá continuidade com a participação de alunos de outras turmas e se encerrará em agosto, com a exposição dos trabalhos e a caminhada: “Todos pelo Aedes”.

Selo 
O Selo Escola Amiga da Saúde: Todos contra o Aedes faz parte de um conjunto de ações da SME apreciado pelo Comitê Permanente de Combate às Arboviroses da capital, criado pela Prefeitura de Fortaleza.

As escolas ou instituições educacionais inscritas serão avaliadas por meio de indicadores quantitativos e qualitativos relacionados com os dois eixos: Avaliação de Impacto e Avaliação das Ações Estratégicas realizadas internamente e de Participação Social. Além disso, cada Instituição participante deverá entregar um portfólio comprovando todas as ações desenvolvidas conforme o Plano de Ação apresentado.

Ao final da Edição 2017, em datas e locais a serem anunciados pela SME, as escolas e instituições aprovadas receberão uma placa, um certificado e a autorização para a utilização da logomarca do Selo Escola Amiga da Saúde: Todos contra o Aedes.

 


 

 
 
 

 

 
Quarta, 21 Junho 2017 13:46

Diretores de ETIs discutem política de educação integral na Rede Municipal de Fortaleza

 
Os diretores das 21 Escolas de Tempo Integral de Fortaleza participaram de uma reunião na tarde desta terça-feira (20/06), com a secretária da Educação, Dalila Saldanha. No encontro, realizado no Centro Cultural Belchior, foram apresentadas as previsões de ampliação, reforma e qualificação das unidades de Educação Integral da Rede Municipal de Ensino.
 
Além de apresentar a política pedagógica das ETI, com base nos eixos pedagógicos, de gestão e de infraestrutura, a secretária encaminhou a formação de Grupos de Trabalho para a discussão do currículo das séries iniciais das escolas, com previsão de início para o mês de agosto.

Participarão dos grupos professores, gestores e membros da assessoria técnica de Educação Integral, da Coordenadoria de Ensino Fundamental e da assessoria do gabinete da Secretaria Municipal da Educação (SME).
 
A reunião contou ainda com uma atividade de psicomotricidade conduzida pela psicomotricista relacional Isabel Bellaguarda e a professora Kilvia da ETI Carolino Sucupira. O professor Manoel Andrade, da Universidade Federal do Ceará (UFC), também apresentou a proposta da aprendizagem cooperativa aplicada em cinco Escolas de Tempo Integral. A avaliação positiva do método, compartilhada pelos diretores das escolas, sugeriu a possibilidade de adesão de mais unidades.
 
O encontro reuniu também o secretário adjunto da SME, Jefferson de Queiroz Maia, a assessora institucional, Marisa Aquino, a assessora especial, Fátima Canuto, a assessora da Educação Integral, Roberta Aleixo, os coordenadores dos Distritos de Educação e integrantes da equipe da Assessoria Técnica de Educação Integral da SME.