editalestagio

Extranet

 

Prefeito Roberto Cláudio participa da abertura do ano letivo de 2019

 

Os alunos da Escola Municipal Lenira Jurema de Magalhães, localizada na Monte Castelo (Regional I), tiveram uma volta às aulas diferente nesta terça-feira (29/01). Ao chegarem na escola, foram recepcionados pelo prefeito Roberto Cláudio que visitou o local para marcar a abertura do ano letivo de 2019 da Rede Municipal de Ensino.

Durante a visita, Roberto Cláudio citou as conquistas e desafios da educação municipal durante sua gestão, que incluem o aumento no número de matrículas. “Só este ano, são 30 mil novos alunos. Chegamos agora a 220 mil matrículas em Fortaleza. Números muito significativos, mas também desafiadores. Eles são resultados da qualidade e credibilidade no ensino da rede. Nossa maior meta é manter a qualidade da educação e também continuar com um plano responsável e sustentável de expansão de vagas”, afirmou o Prefeito.

Em sua análise, Roberto Cláudio destacou o trabalho desenvolvido pela Secretaria Municipal da Educação (SME) que tem apresentado resultados expressivos na melhoria dos indicadores de desempenho, tendo por base uma proposta pedagógica com foco na educação integral das crianças.

Entre as estratégias adotadas nesse sentido, podem ser citadas a manutenção do calendário escolar, monitoramento diário da presença de alunos e ampliação das Escolas em Tempo Integral. “Há seis anos, não tínhamos nenhuma escola em tempo integral. Estamos mudando essa história, graças aos investimento decidido por nós. Embora custe mais caro, acreditamos que esse é um caminho importante para protegermos o caminho das nossas crianças. Estamos com a meta de chegar em 2020 com 40% de todas as matrículas da Prefeitura em tempo integral”, informou roberto Cláudio.

De acordo com a Secretária da Educação, Dalila Saldanha, a escola pública tem como papel o aprendizado e a valorização da cidadania e a Gestão não tem medidos esforços para ampliá-los. “Temos funcionando hoje 568 equipamentos. A expectativa é mais cinco Escolas em Tempo Integral, entre março e julho, além de cinco centros de educação infantil, sendo seis com o que entregamos na segunda-feira. Estamos também com um programa de requalificação de 200 unidades até 2020. Hoje temos mais de 60 em obras”, completou.

Ivana da Silva, mãe de aluna do 4º ano da escola visitada, falou que vê no ensino público a oportunidade da filha alcançar o que deseja. “Aqui, temos ótimos professores que dão boa educação. Ela entrou no Infantil IV, sempre teve um bom ensino. Ter uma escola boa e de qualidade é garantia que ela vai ser ter um bom futuro, que será uma cidadã”, acredita.

Reconhecida por mais um ano como a quarta maior rede do Brasil em número de matrículas no Censo Escolar da Educação Básica 2018, Fortaleza conta hoje com 220 mil estudantes atendidos, sendo destaque como a capital do País que mais ampliou matrículas na Educação Infantil (creche e pré-escola). Os dados apontam que a capital cearense foi a terceira do País e a primeira do Nordeste em matrículas de tempo integral, além de ter sido destaque em Inclusão, sendo a terceira maior rede do País e a primeira do Norte e Nordeste em Educação Inclusiva.

Tempo Integral

No Tempo Integral, Fortaleza alcançou o maior número de matrículas entre as capitais do Norte e Nordeste, com 67.417 estudantes atendidos no segmento de jornada ampliada, segundo dados do Censo Escolar 2018. Em todo o Brasil, Fortaleza tem a terceira maior rede, somente atrás de Rio de Janeiro e São Paulo.

Do total de alunos matriculados em Fortaleza na Rede Municipal, 31,5% são de tempo integral. Houve um crescimento de 20,2% em um ano, ao passar de 56.065 matrículas (2017) para 67.417 (2018), ou seja, uma variação de 11.352 matrículas.

Para 2019, a meta da Rede Municipal é alcançar 88 mil alunos atendidos nesse tipo de ensino. Esse atendimento inclui as matrículas nas 23 escolas de Tempo Integral, como também nas turmas de creches e nos programas de jornada ampliada - Novo Mais Educação, Integração e Pró-Técnico.